Motorista de aplicativo é assaltado, e bandidos batem carro ao fugirem da polícia em Maracanaú

Dois adolescentes e um jovem suspeitos de envolvimento na ação criminosa foram capturados. Um quarto integrante do grupo segue foragido

Um motorista de aplicativo foi rendido com uma arma de fogo e teve o carro roubado durante uma corrida, na última terça-feira (26), em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Momentos após o crime, uma viatura do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) que passava pelo local inciou uma perseguição ao veículo.

Dois adolescentes — um homem e uma mulher — e um jovem de 21 anos, identificado como Antônio Breno da Costa Silva, foram capturados.

O quarto suspeito, apontado como namorado da adolescente e condutor do automóvel durante a ação criminosa segue foragido.

Assalto

Segundo o dono do veículo, ele foi chamado para uma suposta corrida com partida no bairro Jangurussu e destino no bairro Mondubim, em Fortaleza.

Antes de encerrar a corrida, no entanto, o grupo anunciou o roubo, e o profissional foi rendido com uma arma de fogo. Depois, ele foi obrigado a descer do carro.

"Nesse momento, eles não conseguiram colocar o carro para pegar porque ele é automático e eu deixei na posição D, que não pega de jeito nenhum e eles se aperrearam um pouco", contou o trabalhador.

Em seguida, ele viu viatura do BPRE e falou o que havia acontecido. Os policiais militares iniciaram uma perseguição contra os suspeitos, que bateram o veículo do motorista de aplicativo em uma calçada.

"Eu trabalho desde 2017 [como motorista de aplicativo] e nem é a minha renda principal. Nunca tinha sido vítima de assalto. Essa questão da segurança para motorista de aplicativo está muito complicada. Você não sabe nunca quem você vai pegar", relatou o profissional.

O caso foi encaminhado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). O veículo e alguns objetos que estavam no automóvel foram recuperados.

Prisões

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado (SSPDS) informou que prendeu um  homem de 21 anos e de dois adolescentes suspeitos de um roubo e um ato infracional análogo ao mesmo crime, respectivamente, no bairro Planalto Ayrton Senna, em Fortaleza. 

O trio foi conduzido para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), em Fortaleza, onde um procedimento sobre o caso foi registrado na unidade especializada da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE).

Antônio Breno, que já possuía passagens por integrar organização criminosa, roubo, receptação, dano e posse de drogas, foi autuado por roubo majorado e corrupção de menor.

Já para os adolescentes, foi lavrado um ato infracional análogo ao crime de roubo. Os pertences subtraídos durante o delito foram restituídos ao proprietário. A PMCE segue em busca de outro participante do crime. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança