Camilo Santana diz que Chacina da Sapiranga é 'inaceitável' e que autores responderão duramente

Até a noite deste sábado (25), dez pessoas haviam sido capturadas suspeitas de envolvimento na matança

Escrito por Redação,

Segurança
Governador do Ceará, Camilo Santana, com blusa branca e máscara de proteção facial durante entrevista
Legenda: Seis pessoas foram vitimadas na ação criminosa
Foto: Kid Júnior

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), usou as redes sociais na tarde deste sábado (25) para se pronunciar sobre a Chacina da Sapiranga, em Fortaleza, que vitimou seis pessoas nesta madrugada.

De acordo com o chefe do Executivo estadual, a matança é "inaceitável". Ele afirmou que a "polícia já identifica, um por um, os autores dessa barbárie, para que respondam duramente na Justiça".

Até esta tarde, dez pessoas haviam sido capturadas suspeitas de envolvimento na matança. Foram apreendidas com elas seis pistolas e dois equipamentos que transformam pistolas em rifles. 

Durante esta madrugada, cinco pessoas foram mortas a tiros durante a ação criminosa. Outras seis foram baleadas e socorridas a um hospital, onde uma delas – uma mulher, que não teve nome e idade revelados pela Policia Civil – morreu.

print da foto do governador