Adolescentes fazem agentes reféns no Centro Socioeducativo São Francisco, em Fortaleza

Ação ocorreu após grupo se soltar de uma ala do equipamento. Os socioeducadores foram liberados após negociação

Escrito por Redação,

Segurança
Centro Socioeducativo
Legenda: Agentes são feitos reféns em Centro Socioeducativo
Foto: Emanoela Campelo de Melo

Adolescentes internos no Centro Socioeducativo São Francisco, no bairro Passaré, em Fortaleza, fizeram agentes socieducadores reféns na madrugada desta quarta-feira (29). Todos foram liberados sem ferimentos após negociação com a polícia. 

Em nota, a Superintendência do Sistema Estadual de Atendimento Socioeducativo (Seas) disse que a crise teve início após adolescentes de uma ala se soltarem e atacarem os agentes.

Houve registro de dano ao patrimônio como quebra de móveis da área administrativa, mas segundo a Seas, ninguém fugiu. 

Após a ação, cinco jovens identificados com maior responsabilidade na ocorrência foram transferidos para cumprir medidas disciplinares em outros Centros Socioeducativos.

Socioeducadores terão acompanhamento

"Todos os procedimentos pós crise estão sendo realizados: Registro de ocorrência, responsabilização dos envolvidos, comissão disciplinar e assembleia, apuração pela corregedoria, atendimento técnico, comunicação as autoridades competentes", disse a Seas, em nota.

Ainda conforme a secretaria, os servidores envolvidos na ocorrência serão acompanhados pelo Núcleo de Saúde do Trabalhador da Seas.