Fogueiras de São João estão proibidas em Juazeiro do Norte e Barbalha, na Região do Cariri

As pessoas flagradas descumprindo as medidas poderão pagar multas de R$ 200 a R$ 1 mil

Fogueiras de São João e fogos de artifício estão proibidos em espaços públicos e privados de Juazeiro do Norte e Barbalha, no Cariri do Ceará. As pessoas flagradas descumprindo as medidas poderão pagar multas de R$ 200 a R$ 1 mil

Prevista em decretos municipais, a determinação tem o objetivo de evitar a inalação de fumaça por parte daqueles que enfrentam problemas respiratórios, incluindo as pessoas que se recuperam da Covid-19.

Juazeiro do Norte

Em Juazeiro, a proibição vale enquanto houver medidas restritivas de combate à pandemia. 

O superintendente geral da Autarquia Municipal de Meio Ambiente de Juazeiro do Norte (Amaju) — que coordenada todos os órgãos de fiscalização sanitária —, Eraldo Oliveira, frisa que a Cidade respeita a tradição, mas a saúde das pessoas é prioridade neste momento. 

“Está proibida não somente a comercialização do material lenhoso, mas, também, acender fogueiras”, destaca, enfatizando que haverá fiscalização.

Segundo Eraldo, Juazeiro fará uma revisão do decreto, que foi publicado nesta terça-feira (22), para acrescentar uma punição. O valor da multa deve chegar a R$ 1 mil.  

Barbalha

Já Barbalha mantém a proibição até 3 de julho, quando se encerra a vigência do decreto. O coordenador da Vigilância Sanitária e vice-presidente do Comitê de Enfrentamento da Covid-19 do município, Carlos Henrique Albuquerque, acrescenta a importância da conscientização da população. 

"É necessário continuarmos com os cuidados. Quem descumprir o decreto, infelizmente, terá de pagar multa e responderá legalmente”, afirmou. A punição poderá ser de R$ 200 para pessoas físicas e de R$ 1 mil a R$ 10 mil para jurídicas. 

Recomendação no Crato

O município de Crato, também no Cariri, recomendou que a população não acenda fogueiras e solte fogos de artifício no período junino. 

“Essa recomendação se dá principalmente por conta do período de pandemia e do quadro de fragilidade de pessoas que possam estar acometidas da doença. Continue com os cuidados: evite aglomeração, higienize as mãos e use máscara”, informou a Prefeitura nas redes sociais. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará