Covid-19: Hospital Regional Norte retoma consultas ambulatoriais após mais de cinco meses

A unidade também passou a realizar acompanhamento de pacientes diagnosticados com o coronavírus e que estão em fase de recuperação

Legenda: O HRN atenderá, em média, cerca de vinte pessoas por turno e com hora marcada para evitar aglomeração.
Foto: Divulgação/HRN

O Hospital Regional Norte (HRN), no município de Sobral, voltou a receber, nesta semana, pacientes para consultas ambulatoriais na unidade. O serviço estava limitado por conta da pandemia da Covid-19, desde a última semana de março, logo após o Estado suspender cirurgias eletivas na rede pública. A unidade também disponibiliza, a partir de agora, um ambulatório específico para acompanhar pacientes que já foram infectados com o novo coronavírus. 

O HRN é referência para 55 municípios da macrorregião Norte, atendendo uma população de mais de 1,6 milhão de pessoas. Para evitar aglomerações na retomada, serão atendidos, em média, 20 pacientes por turno e com hora marcada. “O ambulatório retornou no início desta semana sendo organizado para atender cerca de 50% da capacidade operacional”, explica Juliana Veras, coordenadora dos ambulatórios na unidade.

Segundo ela, o espaço foi organizado e estruturado com a separação do paciente que será atendido. “Dessa forma, garantindo a segurança de todos os presentes”. Além dos serviços já disponíveis, o HRN abriu um ambulatório de fonoaudiologia para acompanhar pacientes atendidos pelo hospital quando tiveram a Covid-19.

Veja também:

Segundo a fonoaudióloga Georgia Andrade, o atendimento é destinado a quem ficou entubado e permaneceu com dificuldades para fazer a deglutição (alimentação) mesmo após se recuperar da doença. Os serviços no ambulatório ajudam na reabilitação dos pacientes.

Legenda: A unidade deu início ao acompanhamento de pacientes diagnosticados com coronavírus.
Foto: Divulgação/HRN

Serviços que estão retornando, gradativamente: 

  • Cirurgia
  • Clínica médica
  • Pediatria
  • Fonoaudiologia 
  • Banco de leite
  • Obstetrícia 
  • Estomaterapia

Coronavírus

Durante o pico da pandemia no Estado, que aconteceu nos meses de maio e junho, alguns atendimentos ambulatoriais foram mantidos no HRN, mas somente para pacientes com alto risco. Os demais seguiram sendo acompanhados, de forma virtual. Agora, com a retomada gradativa das atividades no Município, foi possível o retorno. Entre as medidas para garantir o distanciamento social está a caracterização das cadeiras, sinalizadas e espaçadas.

Segundo a plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará, Sobral soma 11.388 casos confirmados do novo coronavírus e 295 óbitos. O município chegou a ser o epicentro da doença no Estado, mas os números de ocupação de leitos de UTI Covid-19 e de novos casos começaram a cair. Nesta semana, a cidade entrou na quarta fase de retomada econômica, com autorização, por exemplo, de atividades de alimentação fora do lar, com 50% da capacidade.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará