Com presença de Gilmar Mendes e aliados do Ceará, Chiquinho Feitosa toma posse no Senado

A comitiva do Ceará teve a presença do governador Camilo Santana (PT), do prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) e de outras autoridades

Chiquinho
Legenda: Posse do senador foi acompanhada por diversas autoridades
Foto: Agência Senado

Chamou atenção, no Senado Federal, a quantidade de autoridades presentes na posse do senador cearense Chiquinho Feitosa (DEM), nesta quarta-feira (3). O político assume por quatro meses a cadeira deixada pelo senador Tasso Jereissati (PSDB). A cerimônia de posse foi acompanhada pelos ministros Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), Humberto Martins e Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), além de diversos políticos cearenses. 

A comitiva do Ceará teve a presença do governador Camilo Santana (PT), do prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT) e dos presidentes do Legislativo estadual, Evandro Leitão (PDT), e da Capital, Antônio Henrique (PDT). O ex-presidente do Senado, Mauro Benevides, também participou da posse. 

A bancada dos deputados federais do Ceará compareceu em peso, incluindo Capitão Wagner (Pros), que disputa com Chiquinho, nos bastidores, a presidência do União Brasil, partido a ser criado pela fusão do DEM com o PSL. 

Comitiva cearense participou da posse
Legenda: Comitiva cearense participou da posse
Foto: Divulgação

Posse

“(A posse) é motivo de muito orgulho e satisfação para mim. Estarei aqui para debater, dialogar e encontrar caminhos que levem a nossa sociedade a dias cada vez melhores”, disse em seu discurso de posse o senador. “Sem dúvidas, assumi essa cadeira com o dever de manter o ritmo de trabalho do senador Tasso eleva ainda mais minha responsabilidade”, acrescentou. 

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), saudou o parlamentar recém-empossado e destacou a presença das outras autoridades na Casa. “Das posses de senadores, essa talvez seja uma das mais prestigiadas”, ressaltou.

Chiquinho Feitosa recebeu ainda recebeu as boas-vindas de diversos senadores, dos mais diversos partidos. “Temos aqui uma grande comitiva de pessoas ilustres da política, mas não só da política, onde o Chiquinho deita e rola, faz prosa e verso, porque ele também é uma liderança empresarial”, ressaltou o senador Cid Gomes. 


Assuntos Relacionados