Concurso da PM Piauí: prova é suspensa pela banca organizadora

A decisão foi motivada por medidas que visam evitar a disseminação da Covid-19 entre os participantes

Três agentes da Polícia Militar do Piauí, dois homens e uma mulher, posam enfrente a uma viatura da Corregedoria
Legenda: Um novo cronograma do concurso deve ser divulgado pela banca com a nova data de aplicação da prova
Foto: divulgação/Governo do Piauí

A prova objetiva do concurso da Polícia Militar do Piauí, prevista para o próximo domingo (5), foi suspensa pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) nesta quinta-feira (2). A decisão foi motivada por medidas que visam evitar a disseminação da Covid-19 entre os participantes, segundo o comunicado da banca organizadora.

A instituição listou uma série de razões que motivaram a suspensão da seleção, entre elas está o aumento do número de inscritos e a necessidade de garantir a segurança sanitária dos candidatos diante do contexto da pandemia, com casos da nova variante Ômicron confirmados no Brasil. Segundo ela, há uma necessidade de reorganização da quantidade de inscritos em cada sala.

Um novo cronograma do concurso deve ser divulgado pela banca com a nova data de aplicação da prova. 

Ampliação do número de vagas

Inicialmente, foram abertas 690 vagas para soldados, no entanto, entre 6 e 25 de outubro as inscrições para o certame reabriram com 310 vagas a mais, totalizando 1.000 oportunidades. Desse total, 900 são voltadas para candidatos do sexo masculinos e 100 para o feminino. O salário anunciado foi de R$ 3.470

Há ainda 40 vagas para a função de oficial, com remuneração prevista de R$ 6.140

Etapas do concurso

Os candidatos serão avaliados em cinco etapas. São elas: 

  • Prova escrita objetiva;
  • Exame de saúde;
  • Teste de aptidão física;
  • Exame psicológico;
  • Investigação social. 
Quero receber conteúdos exclusivos do Papo Carreira