Redução do ICMS sobre combustível dos aviões em SP viabiliza mais 31 voos para o Ceará

Do total de 31 voos para o Ceará, 25 serão operados no Aeroporto Internacional de Fortaleza e 6 no Aeroporto de Juazeiro do Norte, na região do Cariri

Legenda: Compromisso entre companhias aéreas e governo paulista amplia a conectividade aérea nacional
Foto: Foto: Fabiane de Paula

O Ceará ganhou, até de setembro deste ano, 31 novos voos semanais ligando São Paulo, depois que o governo estadual paulista, visando baratear o custo operacional das empresas aéreas, reduziu de 25% para 12% o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o querosene dos aviões. 

Conforme a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), o governo estadual paulista e as companhias aéreas previam 490 voos semanais, que foram extrapolados para 648 novas partidas semanais já anunciadas. Destes 648 voos, 491 já estão em operação em 32 aeroportos de 16 estados.
 
Do total de 31 voos para o Ceará, 25 serão operados no Aeroporto Internacional de Fortaleza e 6 no Aeroporto de Juazeiro do Norte, na região do Cariri. Fazem parte do acordo Azul, Gol, Latam e Voepass. Segundo o presidente da Abear, Eduardo Sanovics, com isso, haverá uma ampliação na conectividade aérea nacional, gerando mais empregos e renda em todas as cidades beneficiadas com os voos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios