Auxílio emergencial: beneficiários apontam dificuldades no acesso ao aplicativo Caixa Tem  

Plataforma é a única possibilidade para os beneficiários que não possuem conta nos bancos tenham acesso ao auxílio

Com o início do pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal muitos beneficiários que solicitaram o auxílio pelo site ou aplicativo, e tiveram seu pedido aprovado, relatam que estão com dificuldades para acessar o benefício. O aplicativo Caixa Tem (Android e iOS) é o único meio para aqueles que não possuem conta na Caixa e Banco do Brasil tenham acesso a poupança social digital criada pela Caixa Econômica Federal, e recebam o benefício.

Caixa abrirá 799 agências neste sábado, 25 para atendimento de serviços essenciais
 
O auxílio emergencial é uma das medidas criadas pelo governo para auxiliar a população no enfrentamento da pandemia do coronavírus, e está disponível para solicitação de pedidos desde o dia 7 de abril. Com o benefício aprovado desde o dia 16, Micaely Lílian, 21 anos, relata que ainda não conseguiu transferir seu dinheiro para outra conta, por indisponibilidade no serviço do aplicativo.


 
"Eu recebi a aprovação da análise do benefício da Caixa no dia 16, na semana passada, e na segunda-feira, apareceu no aplicativo que o meu benefício já estaria disponível no aplicativo do Caixa Tem. Porém, até hoje, eu não consegui abrir esse aplicativo, porque ele sempre dá serviço indisponível e então ainda não é possível eu ter esse benefício na minha conta", comenta.
 
Ela aguarda o benefício para auxiliar nas despesas da família e estar precavida em casos de alguma necessidade inesperada. Luziane Alencar,  auxiliar contábil, 20 anos, encontra-se na mesma situação  e espera o valor para ajudar no orçamento familiar.  Ela comenta que esse estado de análise gera incerteza sobre o recebimento do benefício.
 
 "Já fazem cinco dias que eu fui aprovada e, desde então, eu encontro dificuldade de acessar o aplicativo disponibilizado, o Caixa Tem, que insiste em dar falha no carregamento da página. O que me causa preocupação e causa incerteza de como está a situação pro recebimento do dinheiro", relata.
 
Acessos simultâneos
 
De acordo com a Caixa, o volume de acessos simultâneos nesse período estão mais elevados e  ultrapassam 500 mil acessos. Além disso, o banco realiza cerca de 36 mil transações por minuto.  "Estão sendo implementadas melhorias nas soluções, mas podem ocorrer limitações temporárias no acesso ao site e aplicativo nos momentos de maior concentração", pontua a Caixa em nota.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios