Alemanha autoriza início de testes da vacina desenvolvida pela Pfizer e BioNTech

Laboratórios esperam fornecer até 100 milhões de doses até o fim deste ano

Legenda: Pfizer é uma das empresas farmacêuticas que estão desenvolvendo vacina contra a Covid-19
Foto: AFP

A BioNTech e a Pfizer disseram nesta segunda-feira que receberam aprovação por parte da autoridade regulatória alemã para iniciar os testes da fase 2/3 de sua vacina contra a Covid-19 na Alemanha.

>Austrália assina acordos para fornecer vacinas

As companhias farmacêuticas disseram que sua candidata a vacina, identificada como BNT162b2, está sendo testada para segurança e efetividade em um ensaio controlado por placebo com até 30 mil participantes em todo o mundo, incluindo na Alemanha.

O teste para a vacina - que ainda não foi aprovada para distribuição em nenhum país do mundo - vai ser conduzido em cerca de 120 locais ao redor do planeta, disseram as empresas.

A Pfizer e a BioNTech esperam receber revisão regulatória para a vacina até outubro de 2020. Se houver aprovação, as empresas planejam fornecer até 100 milhões de doses no mundo até o fim de 2020 e cerca de 1,3 bilhão até o fim de 2021, elas disseram.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo