Perdeu a segunda dose da vacina contra a Covid em Fortaleza? Saiba o que fazer

Diferentes tipos de imunizantes são ofertados em locais específicos da Capital

Técnica de enfermagem prepara seringa para aplicar vacina contra Covid-19
Legenda: Centro de Eventos é o único local que aplica os três tipos de vacina que exigem segunda dose.
Foto: José Leomar

Todos os dias, além da aplicação da primeira dose contra a Covid-19, também são aplicadas as doses de complemento da imunização em Fortaleza, seja da Astrazeneca, da Coronavac ou da Pfizer. Porém, o que fazer se já passou o prazo para receber a segunda dose?

Pessoas que perderam o agendamento da segunda dose ou chegaram à data-limite, conforme descrito no cartão de vacinação, podem buscar atendimento normalmente nos centros de vacinação da Capital, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). 

Porém, os cidadãos precisam ficar atentos a quais locais procurar, já que alguns imunizantes só são ofertados em determinados pontos de imunização.

Confira onde procurar o tipo de vacina de reforço:

  • Centro de Eventos: possui todas as marcas de imunobiológico (Astrazeneca, Coronavac e Pfizer);
  • Cucas Barra, Jangurussu, Mondubim e José Walter: ofertam a Coronavac;
  • Demais pontos de vacinação: atendem a uma programação diária, sendo necessário acompanhar os canais de comunicação da Prefeitura. Nesta terça (28), os postos de saúde oferecem a Pfizer.

Contudo, devido à atual escassez de AstraZeneca, o imunizante da Oxford somente será aplicado nesta quarta-feira (29) na Capital a quem estiver agendado. Segundo a Prefeitura, cerca de 15 mil fortalezenses estão na lista. A oferta deverá ser normalizada quando mais doses forem enviadas pelo Ministério da Saúde.

Documentos necessários

Ao comparecer ao centro de vacinação, no caso de segunda dose, é necessário apresentar o cartão de vacinação, documento de identidade com foto, CPF, Cartão Nacional de Saúde (CNS) e comprovante de residência.

Outras fases

A Prefeitura também tem divulgado o agendamento individual da repescagem de pessoas com menos de 30 anos para a primeira dose. Pessoas deste grupo podem procurar os pontos sem agendamento, desde que estejam cadastrados na plataforma Saúde Digital.

O agendamento também é dispensado para pessoas que faltaram à data da vacina porque estavam com diagnóstico de Covid-19, em viagem a trabalho ou que haviam tomado a vacina contra a gripe. Porém, o cadastro é necessário.

Por fim, a terceira dose é agendada para quem já recebeu a segunda há pelo menos seis meses, conforme protocolo do Ministério da Saúde. 

Passo a passo para o cadastro no Saúde Digital 

  1. Acesse o site Saúde Digital
  2. Selecione a opção "Ainda não tenho cadastro"
  3. Identifique-se preenchendo corretamente seus dados
  4. Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa está acamada, se tem alguma comorbidade e profissão. 
  5. Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro
  6. Finalize o cadastro e aguarde seu agendamento.
  7. Em Fortaleza, é possível acompanhar a lista de agendados no site. Os nomes são divulgados diariamente. Os beneficiários também recebem a orientações sobre data, horário e local, por e-mail e WhatsApp, próximo ao dia do atendimento.

E-mail de confirmação do cadastro não chegou

Nesse caso, cheque todas as caixas do seu e-mail como "spam" e "lixeira". Caso não encontre a mensagem, a Sesa disponibiliza o telefone gratuito 0800 275 1475 para questionamentos sobre o Cadastro Estadual de Vacinação. 

Os sites da Sesa e do Governo do Ceará disponibilizam também o assistente virtual "Plantão Coronavírus". 

Caso a dúvida seja relacionada à imunização em Fortaleza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) tem o número 156.

Como acessar o cadastro de vacinação? 

Quem deseja acessar o seu cadastro deve entrar na plataforma Saúde Digital e clicar em "Já tenho cadastro". O acesso é feito com o CPF e a senha criada no ato do cadastramento. 

Alterações no cadastro

Para quem vai se vacinar, é permito mudar somente o número de telefone fornecido após a conclusão do cadastro.

Já para as gestões municipais, é possível criar e alterar perfil para vacinadores e a liberação de agendadas por comorbidade. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza