Empresa de oxigênio vai ressarcir moradores atingidos por explosão de unidade em Fortaleza

A White Martins afirma que já iniciou contato com os vizinhos da sede no bairro Carlito Pamplona

white martins
Legenda: Explosão ocorrida no último sábado (24) não prejudicará abastecimento de oxigênio hospitalar, de acordo com a White Martins
Foto: Kid Junior

Após a explosão na unidade da White Martins, na avenida Francisco Sá, em Fortaleza, a empresa informou, na manhã deste domingo (25), que iniciou os contatos com os vizinhos da unidade para “ressarcimento dos prejuízos".

Além disso, informou que "providenciou a hospedagem temporária de um casal de moradores em um hotel”, disse, em nota enviada ao Diário do Nordeste.

“A empresa criou um canal exclusivo em sua Central de Relacionamento - 0800 709 9000 - para recebimento das solicitações destes moradores”, ressaltou o comunicado.

Ainda segundo o texto, duas das vítimas que estavam internadas seguem hospitalizadas em observação, mas com quadro estável. “A empresa está dando todo suporte para as vítimas e acompanhando o caso de perto junto com os familiares”.

Impactos da explosão

Legenda: Imóveis que ficam a um quarteirão da fábrica foram afetados
Foto: André Costa

A explosão na sede da empresa, onde é feito enchimento de cilindros de oxigênio, causou danos em residências e veículos do entorno.

“Os vidros da porta da cozinha papocaram. Voou estilhaço para todo lado, um deles parou perto da minha cama. Sorte que não tinha ninguém na cozinha, senão o pior teria acontecido”, diz Eloísa Feitosa da Silva, moradora da rua Clemente Santos.

A casa dela fica a um quarteirão do local da explosão. Além da porta, vidros de janelas e armários também foram destruídos.  “O impacto foi muito grande. Algo que nunca vi antes. Tenho pressão alta, tomei remédio para me acalmar. Foi horrível”.

Foi um susto muito grande, não sabia o que estava acontecendo.

Uma mulher que estava com o filho de dois anos numa padaria nas proximidades da empresa teve o carro destruído. O teto da padaria desabou sobre o veículo e o impacto da explosão quebrou os vidros do carro e do estabelecimento, segundo a cliente.

Produção não comprometida

Sobre o fornecimento de oxigênio na forma gasosa para os hospitais do Ceará, a White Martins anunciou que a produção do gás no estado líquido não foi comprometida.

Ainda assim, está trazendo cilindros de outros estados e “intensificando a substituição de estocagem de oxigênio na forma gasosa pela forma líquida nos estabelecimentos assistenciais de saúde”.

Investigação

A companhia também afirmou que contratou uma empresa especializada para apurar as causas do acidente, em paralelo à investigação feita pelas autoridades do Estado.

Uma equipe foi deslocada para o local para realizar uma perícia detalhada do caso. “Técnicos altamente especializados” também avaliam as condições necessárias para que as operações no local sejam retomadas com segurança. 

“A prioridade da companhia no momento é dar total assistência às pessoas que estão hospitalizadas e aos moradores da região que tenham sido impactados de alguma forma pelo acidente e garantir o fornecimento de oxigênio aos estabelecimentos assistenciais de saúde do Ceará”. 

Veja o antes e o depois da unidade onde aconteceu a explosão:

Acidente

A explosão atingiu a unidade da White Martins, no bairro Carlito Pamplona, na manhã desse sábado (24). Equipes do Corpo de Bombeiros chegaram ao local por volta das 10h40. Seis pessoas feridas deram entrada na Emergência do Instituto Dr. José Frota (IJF).

Morador da região há 17 anos, José dos Santos Filho conta que estava trabalhando quando sentiu a explosão. "Eu ouvi um estrondo, pensei até que era um trovão, porque o tempo estava nublado. Aí minha esposa ligou desesperada, dizendo que tinha explodido alguma coisa na fábrica, pedindo para eu vir para cá", revela.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza