Ceará receberá primeiro lote de vacinas da Pfizer na segunda-feira (3), diz Governo do Estado

Primeira remessa contém 8.775 doses do imunizante contra a Covid-19. A outra metade chega até 19 de maio

Vacina da Pfizer chega ao Ceará na segunda-feira (3)
Legenda: O primeiro lote de vacinas da Pfizer chegou ao país nesta quinta-feira (29)
Foto: Ministério da Saúde

O primeiro lote da vacina da Pfizer/BioNTech, contendo 8.775 doses do imunizante contra a Covid-19, deve chegar ao Ceará na próxima segunda-feira (3). A informação foi divulgada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). 

O outro lote da remessa das doses da Pfizer, contendo mais 8.775 unidades, tem previsão de chegar ao Estado até dia 19 de maio.

O imunizante deve ser disponibilizado para pessoas do grupo da 3ª fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 (pessoas com doenças crônicas e comorbidades), podendo ser usado em pessoas com mais de 16 anos.

Ao todo, serão duas doses, com intervalo de 21 dias entre a primeira e a segunda.

Aplicação somente em Fortaleza

A Sesa informa que o novo imunizante será aplicado somente em Fortaleza, em razão da necessidade de uma logística específica com baixas temperaturas, seguindo recomendação do Ministério da Saúde (MS).

Segundo o Estado, o refrigerador que será usado para armazenar as doses está disponível na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadim). A pasta aguarda a finalização do processo de compra de mais dois ultrafreezers para reforçar o armazenamento de mais quantidades de doses.

Ainda conforme a Secretaria, os profissionais que aplicarão o imunizante já está sendo treinados.

Vacinas no Ceará

Com o recebimento da vacina, esta passará a ser a terceira aplicada no Ceará, que já tem em andamento, desde 18 de janeiro, esquema vacinal com as doses da CoronaVac, da farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan; e AstraZeneca, da Universidade de Oxford em parceria com a Fiocruz. 

Na tarde da quinta-feira (29), o Estado recebeu mais um lote de imunizantes contendo 192.050 doses. Destas, 188.250 foram da  AstraZeneca e apenas 3,8 mil da CoronaVac.

Este que foi o 16º lote não sana por completo o déficit de vacinas da CoronaVac no Estado, que chegou a ser de 40 mil doses antes da chegada da remessa. 

Falta de vacinas

Fortaleza foi uma das cidades que paralisaram a aplicação de CoronaVac devido à falta do imunizante, nesta quinta-feira. Nesta sexta, estão sendo aplicadas apenas vacinas da AstraZeneca na Capital.

Diversos municípios cearenses chegaram a suspender a aplicação da segunda dose (D2) pelo mesmo motivo. Dentre eles, Juazeiro do Norte, Horizonte, Várzea Alegre, Cedro, Acopiara e Icó.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza