Ceará recebe 10º lote de vacina contra a Covid-19, com mais de 182 mil doses

Do total, são 162.600 doses da CoronaVac e 20.250 da AstraZeneca

Doses de vacinas contra a Covid-19 chegam ao Ceará
Legenda: Décimo lote de vacinas traz 182.850 doses ao Ceará
Foto: Tiago Stille/Governo do Ceará

O Ceará recebeu, na manhã deste sábado (20), um novo lote de vacinas contra a Covid-19, com 182.850 doses. O anúncio da chegada do imunizante foi feito pelo governador Camilo Santana nas redes sociais. 

Do total, são 162.600 doses da CoronaVac e 20.250 da AstraZeneca. Segundo Camilo, o imunizante será imediatamente distribuído aos municípios cearenses. 

"Recebemos agora 182.850 doses de vacinas contra a Covid, sendo 162.600 da CoronaVac e 20.250 da AstraZeneca. Os imunizantes serão distribuídos imediatamente para reforçar a vacinação em todos os municípios cearenses", disse o governador.

Mais cedo, ao anunciar a chegada das doses, Camilo Santana informou que esse novo lote será usado para aplicação da primeira dose

Legenda: Novo lote terá unidades da vacina AstraZeneca e da CoronaVac
Foto: reprodução/Instagram

Até o momento, este é o décimo lote recebido em solo cearense em meio ao Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. O nono, também de acordo com o programa desenvolvido pela pasta, desembarcou em solo cearense na última quarta-feira (17).

No dia em questão, 187.400 doses da CoronaVac foram recebidas e encaminhadas às cidades do estado. 

Linha do tempo da vacina

O primeiro envio de vacinas contra a doença ao Estado ocorreu no dia 18 de janeiro deste ano, 229,2 mil doses de CoronaVac. Enquanto isso, já no dia 23 de janeiro, foram enviadas 72,5 mil unidades da vacina de Oxford/AstraZeneca. Seguindo plano, dois dias depois, mais 33,2 mil imunizantes da CoronaVac chegaram ao Ceará.

No dia 6 de fevereiro, 115 mil doses de CoronaVac foram entregues. O quinto e o sexto lotes, com 80,5 mil doses de Oxford/AstraZeneca e 49,2 mil de CoronaVac, respectivamente, chegaram no dia 24 de fevereiro, em voos separados. 

Já o sétimo carregamento de imunizantes veio no último dia 3 de março, quando o Ceará recebeu 115.600 doses de CoronaVac. O oitavo entregue ao Estado chegou no último dia 10 de março, com total de 109.800 doses da CoronaVac/Instituto Butantan. 

Compra da Sputnik V

Ainda na sexta-feira (19), o Ceará assinou contrato com a permissão para compra direta da vacina russa Sputnik V. Segundo Camilo Santana, a medida seria uma forma de dar celeridade ao Plano Nacional de Imunização.

"Está é uma vacina com uma das maiores eficácias dentre as que são apresentadas no mundo inteiro. Está sendo regulamentada pela Anvisa. Portanto, em breve, vamos ter mais uma vacina no Ceará", afirmou o governador.

A previsão é de que 5,87 milhões de doses sejam adquiridas, que devem ser encaminhadas ao Ministério da Saúde. A negociação está inclusa nas tratativas do Consórcio Nordeste, grupo que reúne os nove estados da região.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza