Avião da FAB chega a Fortaleza com 30 respiradores para auxílio a pacientes com Covid-19

De acordo com a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), os equipamentos vão ser utilizados na rede hospitalar do estado de acordo com o critério epidemiológico de cada município

Escrito por Redação,

Metro
Legenda: Aeronave C-105 da FAB pousou em Fortaleza com carga de 60 respiradores para três estados (CE, AM e AP)
Foto: Thiago Gadelha/SVM

Os 30 respiradores adquiridos pelo governo do estado para auxiliar pacientes com Covid-19 chegaram a Fortaleza por volta das 21h40 desta sexta-feira (10) em um avião C-105 da Força Aérea Brasileira (FAB). A aeronave saiu de Guarulhos à tarde com cerca de 1,5 tonelada de equipamentos e pousou na área oeste do Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Os respiradores vão ser utilizados na rede hospitalar do estado de acordo com o critério epidemiológico de cada município para onde serão encaminhados, segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). O equipamento é utilizado no tratamento de pacientes que têm um quadro mais grave da doença, apresentando Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

A Operação Covid-19 é realizada pelo Ministério da Defesa em apoio ao Ministério da Saúde. Após o pouso na capital cearense, a aeronave deve seguir para Macapá (AP) e Manaus (AM), que receberão outros 30 equipamentos.

Covid-19 no Ceará

Já são 67 óbitos no Ceará em consequência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Do total, 53 mortes foram registradas apenas em Fortaleza, segundo dados disponíveis na plataforma digital IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), na última atualização, nesta sexta-feira (10), por volta das 17h. O município de Horizonte, na Região Metropolitana, teve o primeiro óbito confirmado nesta sexta. 

Somente na quarta-feira (8), 13 mortes foram contabilizadas no Estado, a maior alta desde o início da pandemia no Ceará. A alta supera a ocorrida entre os dias 1º e 2 de abril, quando o número saltou de 9 para 21 mortes. Ao todo, 13 cidades cearenses já registraram óbitos.

Os casos confirmados de Covid-19 são 1.558 no Estado. Destes, 1.366 estão em Fortaleza.

A Sesa ainda contabiliza 6.462 testes realizados, no universo de 10.059 casos suspeitos. Segundo boletim da Rede CoVida, iniciativa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o estado pode ser o primeiro estado a alcançar o pico da doença no Brasil. 

Assuntos Relacionados