Com dois gols, "marinheiro alvinegro" Clebão é o cara do Ceará nas finais da Copa do Nordeste

Cléber tem dois gols em quatro jogos pelo Ceará

cleber
Legenda: Atacante Clebão marcou dois gols nas finais do Nordestão
Foto: Felipe Santos/Cearasc.com

O título inquestionável do Ceará na Copa do Nordeste foi construído por muitos rostos e vários personagens marcantes. Mas nenhum deles foi tão representativo no momento mais decisivo como o atacante Cléber. Com dois gols nos dois jogos das finais, contra o Bahia, o Clebão se tornou "o cara" das decisões.

Estes foram os primeiros dois gols do centroavante com a camisa alvinegra. Ao todo, foram somente quatro partidas, todas pelo Nordestão.

Humilde e pouco badalado, o centroavante de 1,95m e com 23 anos de idade batalhou para ganhar o seu espaço, assumiu a titularidade e desbancou ninguém menos que Rafael Sóbis e vem ganhando a confiança do técnico Guto Ferreira.

O curioso da história do baiano, natural de Salvador, é que por pouco ele sequer vira jogador de futebol.

Há cinco anos, ele nem sequer havia participado de algum clube e muito menos recebido oportunidade para atuar profissionalmente. Ao contrário disso, estava embarcando em uma jornada longe do mundo futebolístico. "Eu tive que servir a Marinha do Brasil por um ano, assim que fiz 18 anos. Hoje, vejo que foi algo que me ajudou muito na questão de disciplina, hierarquia. Eu fazia esportes, até joguei pela seleção da Marinha", disse ele, em entrevista exclusiva ao Diário do Nordeste.

Leia mais

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?