Universidade carioca disponibiliza na internet cartilhas sobre saúde mental na pandemia

Material vem sendo produzido por alunos e professores da Uerj desde março.

imagem educação
Legenda: Ação é um exemplo de como usar produção acadêmica em prol da sociedade: o conhecimento tem que atingir o máximo possível de pessoas.
Foto: Divulgação

O A Liga Acadêmica de Terapia Cognitivo-Comportamental (LATCC), grupo formado por professores e alunos de Psicologia da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), tem produzido desde o início da pandemia conteúdos que abordam a saúde mental durante esse período. Temas como ansiedade, convivência entre pais, avós e filhos e empatia são tratados em cartilhas disponibilizadas gratuitamente.

“O objetivo é compartilhar o trabalho acadêmico de forma acessível. Com a pandemia, centralizamos esforços para o tema. Em um primeiro momento, publicamos uma cartilha para pais e responsáveis com opções de atividades lúdicas com os filhos, separadas por faixa etária. Tentamos mostrar a importância de olhar para o outro”, explica a doutoranda Evlyn Rodrigues, uma das integrantes da LATCC.

A liga foi criada em 2017 e, desde então, atua com o objetivo levar à sociedade os conhecimentos da terapia cognitivo-comportamental, abordagem psicoterápica baseada em evidências. Com a pandemia, as atividades presenciais foram pausadas e a internet foi o meio encontrado para continuar com os trabalhos, sejam produzindo as cartilhas ou com outros eventos on-line.

Para a coordenadora da LATCC, a psicóloga e professora de Psicologia da Uerj Angela Donato Oliva, a ação é um exemplo de como usar produção acadêmica em prol da sociedade. “O conhecimento tem que ser abrangente, atingir o máximo possível de pessoas. Por isso as cartilhas são gratuitas e têm linguagem simples, apesar de haver uma construção teórica por trás”, finaliza.

Confira, abaixo, os temas das cartilhas. Para acessar, basta clicar nos títulos.

LIGAndo pais, filhos e avós na #quarentena

Por que me sinto assim? Compreendendo, à luz da psicologia, minhas reações à pandemia de COVID-19

Empatia e cooperação frente à COVID-19

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab