Prouni 2021 abre 3.330 vagas no Ceará para o 2º semestre nesta terça; saiba como se inscrever

Bolsas integrais ou parciais são oferecidas em 63 cidades do Estado. As inscrições vão até o dia 16 de julho.

Tela mostrando o site do Prouni
Legenda: Candidatos devem consultar online a modalidade de bolsas, as instituições e as cidades que possuem oferta.
Foto: Agência Brasil

O Programa Universidade para Todos (Prouni) abre, nesta terça-feira (13), o processo seletivo para o segundo semestre de 2021. No Ceará, são ofertadas 3.330 vagas, sendo 1.978 integrais e 1.352 parciais. É o quarto maior número do Nordeste, atrás da Bahia, Maranhão e Pernambuco.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, na página do Prouni, até as 23h59 do dia 16 de julho, segundo o Ministério da Educação. Além do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Programa é outra porta de acesso ao ensino superior, mas apenas em instituições particulares.

Ao todo, há vagas em 63 dos 184 municípios cearenses. Em Fortaleza, são ofertados 88 cursos, incluindo áreas como Administração, Direito, Enfermagem, Medicina e Nutrição. Juazeiro do Norte, com 37 cursos, e Sobral, com 22, têm as maiores ofertas.

As 63 cidades com vagas são Acaraú, Acopiara, Amontada, Aracati, Aracoiaba, Ararendá, Banabuiú, Barbalha, Baturité, Boa Viagem, Camocim, Campos Sales, Canindé, Cariús, Cascavel, Caucaia, Cedro, Crateús, Crato, Eusébio, Fortaleza, Granja, Guaiúba, Guaraciaba do Norte, Horizonte, Icapuí, Icó, Iguatu, Ipu, Ipueiras, Itapajé, Itapipoca, Itarema, Jaguaribe, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Madalena, Maracanaú, Maranguape, Milhã, Miraíma, Mombaça, Morada Nova, Morrinhos, Novo Oriente, Pacajus, Pacatuba, Paracuru, Paraipaba, Parambu, Pentecoste, Quixadá, Quixeramobim, Russas, Santa Quitéria, São Benedito, São Gonçalo do Amarante, Senador Pompeu, Sobral, Tauá, Tianguá, Varjota e Várzea Alegre.

Veja os critérios para concorrer:

  • Bolsas integrais: o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo
  • Bolsas parciais (50%): a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

Além disso:

  • Não possuir diploma de curso superior;
  • Ter participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média;
  • Não ter tirado zero na redação.

O candidato também precisa atender a pelo menos uma das seguintes condições:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede privada (desde que como bolsista integral);
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino (neste caso, não se aplica o limite de renda).

Confira o cronograma do Prouni 2021.2:

Inscrições: 13 a 16 de julho;
Resultado da primeira chamada: 20 de julho;
Comprovação de informações: 20 a 28 de julho;
Resultado da segunda chamada: 03 de agosto;
Comprovação de informações: 03 a 11 de agosto;
Inscrições na lista de espera: 17 e 18 de agosto;
Divulgação da lista de espera: 20 de agosto;
Comprovação de informações: 23 a 27 de agosto.

Bolsas no Ceará

O candidato pode buscar vagas por tipo de bolsa (integral e parcial), modalidade (presencial e a distância), curso, turno, instituição e localidade do campus na página oficial do Prouni

O número atual de vagas representa quase 20% a menos que as do primeiro semestre deste ano. À época, foram 4.103 ofertas, sendo 1.917 bolsas integrais e 2.186 parciais. O valor também é 51% menor que há um ano, quando o segundo semestre de 2020 ofertou 6.863 vagas no Estado.

Confira as vagas em outros Estados:

Acre (AC) - 488
Alagoas (AL) - 1.245
Amapá (AP) - 507
Amazonas (AM) - 1.106
Bahia (BA) - 9.665
Ceará (CE) - 3.330
Distrito Federal (DF) - 3.498
Espírito Santo (ES) - 1.697
Goiás (GO) - 11.638
Maranhão (MA) - 5.152
Mato Grosso (MT) - 1.829
Mato Grosso do Sul (MS) - 1.244
Minas Gerais (MG) - 12.564
Pará (PA) - 4.437
Paraíba (PB) - 1.746
Paraná (PR) - 10.504
Pernambuco (PE) - 4.886
Piauí (PI) - 1.345
Rio de Janeiro (RJ) - 5.443
Rio Grande do Norte (RN) - 1.157
Rio Grande do Sul (RS)
Rondônia (RO) - 1.334
Roraima (RR) - 338
Santa Catarina (SC) - 6.739
São Paulo (SP) - 31.025
Sergipe (SE) - 1.482
Tocantins (TO) - 1.046
 

Quero receber conteúdos exclusivos do EducaLab

Assuntos Relacionados