Procon divulga mais 71 sites de compras 'não recomendados'

Órgão afirma não ter encontrado registro dos endereços em instituições oficiais como na Receita Federal