União Europeia propõe embargo a petróleo em novo pacote de sanções contra Rússia

Bloco econômico também pretende atingir emissoras e bancos russos com medidas

A União Europeia (UE) propôs, nesta quarta-feira (4), um embargo progressivo sobre petróleo e derivados comprados da Rússia, em guerra com a Ucrânia. O novo pacote de sanções intenta, também, fechar o espaço europeu a "três grandes emissoras estatais russas" e incluem três bancos russos e uma lista de personalidades do país, como o patriarca Kirill, chefe da Igreja Ortodoxa russa. As medidas, porém, precisam ser aprovadas pelos países-membros do bloco por unanimidade para ser implementadas.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo