Ucrânia ordena que soldados de Azovstal, em Mariupol, entreguem as armas

Rússia afirmou que mais de 1,9 mil combatentes se renderam na siderúrgica

A Ucrânia ordenou, nesta sexta-feira (20), que os soldados entrincheirados na siderúrgica de Azovstal, em Mariupol, entreguem as armas. A medida ocorre após quase três meses de resistência às tropas russas, que devastaram a cidade portuária, no Mar de Azov, localidade considerada estratégica no sul ucraniano. O Ministério da Defesa da Rússia afirmou, recentemente, que mais de 1,9 mil soldados que estavam na siderúrgica se renderam. Agora, a Ucrânia intenta organizar troca de soldados de Azovstal por prisioneiros russos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo