Uso de máscara em locais fechados deixa de ser obrigatório em Israel

País já aplicou as duas doses da vacina contra a Covid-19 em 55% da população

pessoas circulam sem máscara em shopping de israel
Legenda: Pessoas circulam sem máscara nesta terça-feira (15) em shopping da cidade de Tel Aviv, em Israel
Foto: Jack Guez/AFP

O uso de máscaras em locais fechados não é mais obrigatório em Israel a partir desta terça-feira (15). A obrigatoriedade era uma das últimas medidas em vigor no País contra a pandemia de Covid-19. O anúncio foi feito nesta segunda (14) pelo Ministério da Saúde israelense.

Israel relaxou as restrições sanitárias no início deste mês. O País, porém, mantém medidas drásticas para os visitantes, incluindo quarentena.

Vacinação em Israel

A campanha de vacinação no País começou no fim de dezembro, após um acordo com o laboratório Pfizer, que entregou milhões de doses em troca de dados sobre os efeitos das vacinas.

Até hoje, mais de 5 milhões dos 9,3 milhões de israelenses (55% da população) receberam as duas doses. 

Covid-19 no País

Mais de 839 mil pessoas já tiveram Covid-19 em Israel desde o início da pandemia, incluindo três nas últimas 24 horas, e 6.428 morreram, de acordo com números oficiais.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo