Selfie mostra suposto paradeiro do noivo da influencer Gabby Petito morta nos EUA

Brian Laundrie aparece em foto registrada por uma família em um parque na Flórida

Gabby Petito e Brian Laundrie
Legenda: Laundrie retornou para casa sozinho em 1º setembro, dez dias depois a família de Petito registrou o desaparecimento da jovem
Foto: reprodução/Instagram

Uma selfie registrada por uma família que acampava no Fort de Soto Park, na Flórida (EUA), mostra um suposto flagrante de Brian Laundrie, suspeito de assassinar a noiva Gabby Petito, influencer digital. Ainda foragido, o homem aparece na foto tirada no dia 6 de setembro.

Gabby Petito
Legenda: Imagem em que o suspeito aparece ao fundo foi entregue ao FBI
Foto: reprodução

A imagem foi captada pelo casal Merci e Kenny Newson, que estava na companhia de dois amigos em Pinella County. A mulher apresentou a fotografia às autoridades e ao canal televisivo NBC2 chamando a atenção para a presença de Laundrie ao fundo.

No mesmo dia do registro, os pais do suspeito, Christopher e Roberta, estiveram no mesmo parque e chegaram a informar as autoridades. Porém, a presença de Laundrie ainda era alvo de apuração.

Apuração

Segundo a NBC2, a investigação americana acredita que o homem ainda esteja escondido no local. 

Christopher e Roberta negam que tenham ajudado o filho a "desaparecer". O advogado da família, Steven Bertolino, confirmou que os pais e Laundrie estiveram no parque, mas "todos foram embora juntos".

Bertolino também informou que o suspeito comprou um celular pré-pago um dia antes de desaparecer. No entanto, o advogado alegou que o homem deixou o celular para trás e levou uma mochila de camping.

A NBC2 disse que a selfie foi apresentada como evidência, mas a polícia federal norte-americana emitiu nota declarando que não comentaria o registro porque a investigação ainda está em andamento.

Homicídio

Os restos mortais de Gabby Petito, de 22 anos, foram encontrados no parque nacional de Wyoming, nos Estados Unidos, no dia 19 de setembro. 

Dois dias depois, o médico legista responsável pelo caso, Brent Blue, confirmou que a autópsia comprovava que a mulher havia sido assassinada.

Gabby Petito estava fazendo uma viagem de van com o noivo pelos Estados Unidos e o último contato com a família ocorreu no dia 25 de julho, mesmo dia da última publicação da influenciadora em seu perfil no Instagram.

No entanto, no dia 1º de setembro, Laundrie voltou sozinho para casa, em North Port, Flórida, com a van  da companheira. Ele foi declarado "pessoa de interesse" (termo informalmente usado nos EUA para designar um suspeito ou uma pessoa que possa ter relação com algum caso em investigação) no caso.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo