Rússia e Ucrânia agendam cessar-fogo de 12h para abertura de corredores humanitários

O exército russo irá cumprir uma trégua das 9h às 21h durante a retirada de civis do território ucraniano

refugiados da ucrânia
Legenda: Ucrânia já tem mais de dois milhões de refugiados da guerra
Foto: Louisa Gouliamaki/AFP

Russos e ucranianos concordaram em respeitar um cessar-fogo para permitir a instauração de corredores humanitários de retirada de civis nesta quarta-feira (9), anunciou a vice-primeira-ministra ucraniana Iryna Vereshchuk.

A Rússia confirmou que respeitará uma trégua das 9h às 21h locais (4h às 16h de Brasília) ao redor de seis zonas especialmente afetadas pelos combates nos últimos dias.

Os civis em áreas ao redor da capital, incluindo Irpin e Bucha ao noroeste, serão retirados de Kiev para escapar dos intensos bombardeios das forças russas.

Os civis enfrentaram fogo de artilharia e bombardeios aéreos para escapar da área a noroeste de Kiev, ocupada principalmente pelas forças russas.

Um projétil matou quatro pessoas que tentavam chegar a Kiev a pé no domingo.

Na terça-feira, quase 60 ônibus em dois comboios retiraram civis de Sumy, 350 km ao leste de Kiev, afirmou Kyrylo Timoshenko, do gabinete presidencial da Ucrânia.

Mais de 5.000 pessoas foram retiradas deste município de 250.000 habitantes perto da fronteira russa, cenário de combates intensos.

A agência da ONU para os refugiados, Acnur, calcula que 2,1 a 2,2 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia desde o início da guerra.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo