Nova Zelândia emite alerta de tsunami após registrar abalo sísmico de magnitude 7,8

O centro de alerta para tsunamis do Pacífico informou que é possível a ocorrência de ondas no país e regiões próximas

Esta é a imagem do mapa da Nova Zelândia feito pelo Google Maps
Legenda: As Ilhas Kermadec formam um arquipélago que pertence à Nova Zelândia, próximo das ilhas Fiji
Foto: reprodução/Google Maps

Após um forte abalo sísmico ser registrado em frente às remotas ilhas de Kermadec, localizadas no oceano Pacífico, a Nova Zelândia emitiu um alerta de tsunami na tarde desta quinta-feira (4). Segundo informaram as autoridades, a evacuação do litoral leste do país foi determinado. 

O tremor de 7,8 de magnitude, registrado depois de outros dois sismos de 7,4 e 6,9 na mesma região, ocorreu às 08h28 locais (16h28 de Brasília) a 1.033 km da costa neozelandesa, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O centro de alerta para tsunamis do Pacífico informou que é possível a ocorrência de ondas em Nova Zelândia, Tonga, Niue, Samoa americana, Samoa, ilhas Cook, Fiji, Vanuatu, Tokelau, e Wallis e Fortuna.

"Habitantes das zonas costeiras (...) devem partir imediatamente para a área elevada mais próxima, fora de todas as zonas de evacuação e terra adentro", pediu a agência neozelandesa de gestão de emergências.

Em fevereiro, a Nova Zelândia e a Austrália receberam um alerta de ondas gigantes após um terremoto de magnitude 7,7 ser registrado a 415 km a leste da ilha de Nova Caledônia.  

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo