Corpo encontrado nos EUA corresponde ao da influenciadora Gabby Petito, diz FBI

Possíveis restos humanos da jovem foram localizados em Wyoming. Ela estava desaparecida desde o dia 11 de setembro

Caso Gabby Petito
Legenda: Gabby Petito deixou o emprego para viajar em julho pelos EUA em uma van com o namorado, Brian Laundrie
Foto: Reprodução/Redes sociais

Um corpo que corresponde à descrição da jovem viajante Gabby Petito, de 22 anos, foi encontrado neste domingo (19) em um parque nacional do Wyoming onde estava sendo procurada a influenciadora, nos Estados Unidos.

"O departamento forense do condado de Teton foi enviado para resgatar um corpo no parque nacional do condado", informou o legista local Brent Blue.

"Hoje bem cedo foram encontrados restos humanos que coincidem com a descrição de Gabrielle 'Gabby' Petito", relatou o agente do FBI Charles Jones em entrevista coletiva. "Gostaria de expressar minhas mais sinceras e profundas condolências à família de Gabby", acrescentou.

Autoridades dos EUA haviam iniciado uma ampla operação de busca para encontrar a jovem, 22 anos, declarada desaparecida em 11 de setembro, durante uma viagem com seu companheiro, Brian Laundrie, 23 anos.

Seus pais tiveram contato com ela pela última vez em agosto, quando os dois viajantes estavam na área do Parque Nacional Grand Teton, em Wyoming. À Fox News, moradores afirmaram ser improvável que Gabby Petito tivesse sobrevivido por três semanas na região, onde as temperaturas ficam abaixo de zero durante a madrugada e animais selvagens rondam a área.

Em publicação nas redes sociais, o pai de Gabby, Joseph Petito, publicou uma foto em homenagem à filha. "Ela tocou o mundo", disse. 

Segundo informações da BBC, a família de Laundrie divulgou um comunicado através do advogado, dizendo: "A notícia sobre Gabby Petito é de partir o coração. A família Laundrie está rezando por Gabby e sua família."

Brian Laundrie voltou sozinho para casa

Gabby Petito deixou o emprego em julho para viajar pelos Estados Unidos em uma van Ford Transit branca com o namorado, Brian Laundrie. Ela documentou a viagem no Instagram.

Gabby Petito e Brian Laundrie
Legenda: Gabby Petito e Brian Laundrie viajavam os Estados Unidos juntos desde julho deste ano
Foto: reprodução/Instagram

No entanto, no dia 1º de setembro, Laundrie voltou sozinho para casa, em North Port, Flórida, com a van  da companheira. Ele foi declarado "pessoa de interesse" (termo informalmente usado nos EUA para designar um suspeito ou uma pessoa que possa ter relação com algum caso em investigação) no caso, mas não foi acusado de nenhum crime. Ele se recusou a falar com a polícia e desapareceu alguns dias depois.

Os pais de Laundrie não o veem desde terça-feira (14), segundo a polícia de North Port, que trabalha agora em um caso de "desaparecimento múltiplo".

A excursão era documentada pelo casal, que publicava atualizações sobre nas redes sociais e inclusive publicaram um vídeo no Youtube, que atualmente conta com mais de 2,9 milhões de visualizações. "Beginning Our Van Life Journey" mostra os dois felizes enquanto visitam praias norte-americanas. 

Milhares de comentários foram deixados nos perfis do casal no Instagram, e manifestantes se reuniram em frente à casa da família Laundrie na sexta-feira gritando "onde está Gabby?".

Violência doméstica

Em 12 de agosto, duas semanas antes do desaparecimento da jovem, a polícia da cidade de Moab, no sul do Estado americano do Utah, foi chamada para um possível incidente de violência doméstica envolvendo Petito e  Laundrie, conforme a BBC

A polícia divulgou imagens de uma câmera corporal usada por um dos agentes de segurança que atenderam a ocorrência. Na gravação, a influenciadora aparece chorando e reclamando sobre a saúde mental para os policiais. Ela também disse que o casal vinha discutindo com mais frequência.

Os policiais recomendaram que eles passassem a noite separados, mas não abriram nenhum inquérito. Ainda segundo o portal, não se sabe o que aconteceu depois disso.

Gabby Petito e Brian Laundrie
Legenda: Laundrie retornou para casa sozinho em 1º setembro, dez dias depois a família de Petito registrou o desaparecimento da jovem
Foto: reprodução/Instagram

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo