Tribunal do júri condena a 15 anos de prisão homem que matou ex-namorada em salão de beleza

Vítima foi morta em 2018 quando estava trabalhando na Avenida Osório de Paiva, em Fortaleza

Escrito por Redação,

Segurança
Justiça
Legenda: Um homem foi condenado a 15 anos de prisão pelo crime de feminicídio
Foto: Shutterstock

Um homem foi condenado a 15 anos de prisão no tribunal do júri, nesta quarta-feira (15), pelo crime de feminicídio contra a ex-namorada. A vítima foi morta a facadas em agosto de 2018, quando estava em um salão de beleza na Avenida Osório de Paiva, em Fortaleza. 

O júri considerou três qualificadoras na sentença: motivo torpe, recurso que dificultou ou impossibilitou a defesa da vítima e feminicídio, que é o assassinato de uma mulher por razões da condição de sexo feminino.  

Francisco Cleiton Lima da Silva, 29, deu três golpes de faca contra Ednuzia Maria Anselmo da Silva. Segundo consta no processo, a motivação era o fato do réu estar inconformado com o novo relacionamento da vítima. 

O crime aconteceu na casa de amigos de Ednuzia, onde também funcionava um salão de beleza. O acusado, presente no imóvel, chegou a conversar com a vítima. Em seguida, se dirigiu até a cozinha, pegou uma faca, e cometeu o crime. 

O caso foi julgado na 1ª Vara do Júri, presidido pelo juiz Antônio Edilberto Oliveira Lima. O representante do Ministério Público do Ceará foi o promotor de Justiça Marcus Renan Palácio dos Santos.

 

 

Assuntos Relacionados