Suspeito de assaltar joalheria em shopping de Fortaleza é preso na Av. Beira Mar

Crime aconteceu no último dia 25, quando o homem armado abrigou que uma vendedora entregasse pertences da loja para ele

Legenda: Funcionária foi rendida por homem armado e obrigada a colocar objetos da joalheria durante assalto em shopping de Fortaleza.
Foto: Vc repórter

A polícia prendeu, na última quarta-feira (28), o homem que invadiu e assaltou uma joalheira dentro de um shopping center no bairro Sapiranga, em Fortaleza. No dia do crime, conforme apontaram as investigações, o assaltante usou um ponto para receber informações de outros participantes do crime sobre a movimentação fora da loja.

O assalto aconteceu na noite do dia 25 de novembro. Armado, o homem obrigou uma das vendedoras a entregar mercadorias do estabelecimento. A ação foi filmada por câmeras de segurança.

"A imagem é bem clara, ele usa um ponto, um fone de ouvido. Eu acredito que vocês tenham percebido isso. Ele usa um fone de ouvido, ou seja, enquanto ele está cometendo um roubo, ele está sendo orientado sobre quem estava do lado de fora através desse fone de ouvido de uma ligação telefônica", diz o delegado Rommel Kerth, da Delegacia de Roubos e Furtos.

O suspeito foi capturado em uma faixa de areia da Avenida Beira Mar. De acordo com Kerth, o homem deixou o bairro Jangurussu, onde mora com a mãe, pedindo uma corrida por aplicativo, possivelmente, após ter sido informado da presença da polícia no local. 

"A casa dele é no (bairro) Jangurussu, e ele foi preso na Beira Mar, na faixa de areia. Ele pegou um Uber. Ali [Jangurussu] é uma região de vários informantes. Nós acreditamos até que tenha havido alguma informação para ele de que a polícia estaria na região. Apesar de os policiais já estarem descaracterizados, ele pegou um uber e foi para a Beira Mar", afirma o delegado.

Após efetuar a prisão do suspeito, a polícia o levou até a casa dele, onde encontrou a mesma roupa e o boné que foi utilizado no dia do crime. "Essas vestes aqui foram apreendidas com ele. Foram utilizadas no momento do assalto. Essa camisa clara, usando esse mesmo boné. Esses objetos foram apreendidos na residência dele e da mãe dele", disse Kerth.

O prejuízo da loja com o roubo foi estimado em cerca de R$ 200 mil. A polícia trabalha para prender outros suspeitos envolvidos no crime.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de segurança?