Polícia Civil prende membros de grupo criminoso e armas de fogo em Caucaia

Alvos da Operação Focus são ligados a organização chefiada por 'Mago', preso em julho de 2020

operação focus
Legenda: Ação é executada por policiais civis em Fortaleza e Região Metropolitana
Foto: Divulgação/PCCE

Integrantes de um grupo criminoso são alvos da 2ª fase da Operação Focus, deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (22). Além de Caucaia, onde o bando atuava, estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva em Fortaleza e Maracanaú. Até agora, quatro pessoas foram capturadas.

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos integram a mesma organização criminosa chefiada por Francisco Cilas de Moura Araújo, 44, o 'Mago', detido em julho de 2020, na 1ª etapa da mesma operação. 

'Mago' estava morando com a esposa, filhos e um amigo em um apartamento de classe alta alugado havia um mês em Teresina. O homem fazia parte da lista dos mais procurados no Ceará e a recompensa para informações sobre o paradeiro dele era de R$ 10 mil.

O homem responde a inquéritos policiais por porte e posse ilegal de armas de fogo, associação criminosa, tráfico de drogas e homicídios. Ele estava foragido desde 14 de julho de 2016, quando fugiu por meio de um túnel construído no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II). 

Outras sete pessoas também foram presas na 1ª fase da Focus em Caucaia. A polícia apreendeu 10 armas de fogo, sendo nove revólveres calibre 38 e uma espingarda calibre 12 que estavam em um terreno, na localidade de Baixa Grande. Todo o material estava acondicionado em cinco sacos plásticos.

Mais informações serão repassadas pela Polícia Civil ao longo do dia.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança