PF apreende 300 quilos de cocaína em casco de navio no Porto do Pecém

De acordo com a Polícia Federal, a droga é avaliada em 12 milhões de euros e seria enviada para a Europa.

droga no porto
Legenda: Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Federal, realizaram diligências e localizaram a droga acondicionada em diversos tabletes escondidos no casco de um navio

A Polícia Federal (PF) apreendeu 301,8 quilos de cocaína, nesta segunda-feira (23). A droga estava escondida no casco de um navio no Porto do Pecém localizado no município de São Gonçalo do Amarante. Nenhum suspeito foi preso até o início da tarde desta segunda.

Conforme divulgado pela PF, a apreensão aconteceu após recebimento de denúncia anônima. Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Federal, realizaram diligências e localizaram a droga acondicionada em diversos tabletes.

O chefe da DRE, delegado Samuel Elânio, destacou que está sendo apurada possível participação de pessoas ligadas à embarcação. "Possivelmente esta droga foi colocada em outro estado e aqui era o ponto de passagem. Realizamos oitivas, perícias para apurar e chegar aos verdadeiros autores que colocaram a droga na embarcação", disse o delegado.

O entorpecente tinha como destino o continente europeu. Ainda segundo Samuel Elânio, cada quilo da cocaína é avaliado em, aproximadamente, 30 a 40 mil euros,  no mercado europeu.

apreensão de drogas
Legenda: A droga é avaliada em 12 milhões de euros, segundo a Polícia Federal, e seria enviada para a Europa.

"Sabemos que esta embarcação passou pelos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Ela estava em um compartimento fechado por uma grade, por onde passa a água que alimenta a embarcação, com tubulações", especificou o delegado.

Até o momento não há informações sobre identificação dos traficantes envolvidos, nem de onde a droga partiu. A ação contou com apoio da Receita Federal, Corpo de Bombeiros e funcionários do Complexo do Pecém.

Em nota, o Complexo do Pecém disse que a apreensão faz parte do processo de "contínua colaboração e parceria do Complexo do Pecém com a Polícia Federal e todas as autoridades e órgãos compententes". Por fim, reafirmou o compromisso com a segurança nas operações.

Outra apreensão

Há pouco mais de dois meses, no dia 12 de setembro, foram apreendidos 340 quilos de cocaína, também no Complexo do Pecém. Nessa ocorrência anterior, o entorpecente foi localizado dentro de um veículo e três pessoas foram presas.

Após a sequência de apreensões, a PF informou por nota vir "reforçando as demandas de incremento na segurança do porto por meio da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Cesportos-CE)". 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança