Motorista é preso no Piauí por simular o próprio sequestro e exigir dinheiro do patrão no Ceará

O investigado foi ouvido e confessou que pretendia ir para São Paulo. Ele alegou que forjou o sequestro devido dificuldades financeiras

Polícia Civil do Ceará
Legenda: Após a descoberta de paradeiro, o suspeito retornou ao Estado e, na tarde de sexta-feira (29), prestou depoimento e demonstrou arrependimento
Foto: Divulgação/SSPDS

Um motorista de 32 anos que estava como desaparecido desde o último dia 25 de outubro, quando saiu para trabalhar no bairro Presidente Kennedy, em Fortaleza, foi preso no Piauí suspeito de simular o próprio sequestro e exigir dinheiro do patrão. A captura foi divulgada pela Polícia Civil do Ceará na sexta-feira (29).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado, o investigado foi localizado em Teresina (PI), a cerca de 650 quilômetros da capital cearense.

As investigações começaram depois que a companheira dele registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) sobre o desaparecimento do homem. Ele era motorista em um mercado de Fortaleza, e sumiu com um veículo e uma quantia em dinheiro.

Dificuldades financeiras

Em depoimento, o suspeito falou que depois de fazer uma entrega, ele dirigiu até Quixadá (CE), onde abandonou o carro.

De lá, ele voltou para Fortaleza, onde comprou uma passagem para Teresina, no Piauí. Ainda na capital piauiense, o investigado foi ouvido e confessou que pretendia ir para São Paulo. Ele alegou que forjou o sequestro devido dificuldades financeiras.

Arrependimento

Após a descoberta de paradeiro, o suspeito retornou ao Ceará e, na tarde de sexta-feira (29), prestou depoimento e demonstrou arrependimento.

O inquérito policial instaurado será concluído, e o investigado poderá responder pelos crimes de apropriação indébita e extorsão.

O trabalho investigativo foi desenvolvido pela 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Divisão Antissequestro (DAS) da PC-CE e o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) da PC-PI.

 

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança