Médica morre atropelada em cruzamento do bairro Meireles, em Fortaleza

O acidente ocorreu na esquina da avenida Dom Luís com a rua Coronel Jucá, no bairro Meireles

acidente
Legenda: Acidente ocorreu na tarde desta quinta-feira (21)
Foto: Paulo Sadat

A cardiologista Lúcia Belém, de 61 anos, morreu atropelada na tarde desta quinta-feira (21), em Fortaleza. O acidente ocorreu na esquina da avenida Dom Luís com a rua Coronel Jucá, no bairro Meireles. 

Médica Lúcia Belém
Legenda: A cardiologista tinha um consultório na Avenida Dom Luís e trabalhava no Hospital de Messejana
Foto: Reprodução

Segundo testemunhas, ela estaria atravessando a avenida, na faixa de pedestre, para a retirada do carro em um estacionamento no entorno. Nesse momento, uma condutora em um veículo Range Rover Evoque fez uma conversão à esquerda, entrando na rua, e atingiu a médica, que morreu no local.

A motorista permaneceu no local para prestar esclarecimentos à Polícia. O Sindicato dos Médicos do Ceará confirmou que a profissional tinha um consultório na Avenida Dom Luís, além de trabalhar no Hospital da Messejana. A entidade médica publicou nota de pesar.

Legenda: Sindicato dos Médicos do Ceará manifestou pesar e solidariedade a amigos, família e admiradores.
Foto: reprodução

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou o óbito. O caso, que ainda está em andamento, será registrado no 9º Distrito Policial.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) divulgou nota de pesar sobre o falecimento. Segundo a pasta, a cardiologista trabalhava desde 1992 no Hospital de Messejana - a Unidade Clínico-Coronariana recebe o nome da médica. Também trabalhou em outros hospitais da rede estadual. "Sua dedicação ao serviço público e o espírito solidário deixarão saudades nos colegas", ressalta a Sesa. 

"Doutora Lúcia participou da formação de gerações de médicos e sempre será exemplo na incansável luta de dar aos cidadãos acesso ao sistema de saúde. Neste momento de dor, todos os profissionais que fazem a Secretaria da Saúde do Ceará se solidarizam com familiares e amigos", finaliza a pasta estadual.

nota da sesa

Com informações do repórter Paulo Sadat 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança

Assuntos Relacionados