Dez dias depois, Polícia ainda busca localização de casal desaparecido

Carlos Vinícius de Sousa e Leidiane de Sousa Vieira foram resolver questões de um acidente de trânsito e ainda não retornaram para casa

Completam-se hoje dez dias desde que Carlos Vinicius de Sousa, 40, e Leidiane de Sousa Vieira, 32, saíram de casa para resolver assuntos relacionados a um acidente de trânsito e ainda não voltaram. Até o momento, a Polícia Civil do Ceará já foi acionada pela família, mas não há informações sobre o paradeiro do casal, que é responsável por seis filhos e mora na cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). 

Em nota, a Polícia Civil do Estado do Ceará informou que a 12ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) "segue investigando o desaparecimento". A família já registrou um Boletim de Ocorrência (BO) e aguarda respostas sobre as buscas. "Outras informações serão divulgadas posteriormente para não atrapalhar o andamento das investigações", completou, em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). 

A reportagem apurou que um inquérito foi aberto na Delegacia Metropolitana de Eusébio a fim de realizar buscas na intenção de encontrar o casal. Contudo, até o momento, não há indicações do paradeiro de Carlos Vinícius e Leidiane Vieira. As diligências estão sendo realizadas em parceria com a Delegacia Metropolitana de Aquiraz

Agentes das duas delegacias estão nas ruas porque a última informação que se tem sobre a localização do casal seria o celular de Carlos Vinícius. "A Polícia conseguiu rastrear pelo e-mail do filho dele, que estava inscrito no celular que ele levou. A última localização foi entre Aquiraz e Eusébio, então, eles estão concentrando as buscas por lá”, explicou a Polícia Militar, no dia do desaparecimento.

O caso

A família do casal busca por informações desde a última sexta-feira (11), quando Carlos Vinícius teria se envolvido em um suposto acidente de trânsito. Leidiane teria ido ao local do acidente, mas não retornou mais o contato. Eles estão juntos há três anos e cuidam de seis crianças, sendo cinco de outros relacionamentos e o filho mais novo, de um ano e seis meses, que é filho do casal.

A mãe de Leidiane, a artesã Maria Lucileuda Dantas de Souza, de 54 anos, disse que o último contato ocorreu na tarde da sexta-feira. “Ela estava se arrumando quando ele ligou falando sobre um acidente de trânsito. Falamos com ela de tarde, por chamada de vídeo. Ela chegou a ir até ele, eles voltaram para casa, e avisaram aos filhos que iam resolver um problema e já voltavam, foi nosso último contato”, contou ao Sistema Verdes Mares. Segundo ela, a filha não passou detalhes do acidente nem a localização de onde ele teria ocorrido. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre segurança