Carreata marca encerramento da Romaria de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte

Em mais de 100 anos de celebração, foi a primeira vez que o evento religioso não teve a presença dos romeiros

Legenda: A Igreja orienta que cada devoto faça um oratório em frente à sua casa, aguardando a passagem da imagem da padroeira
Foto: Divulgação

A primeira romaria virtual de Nossa Senhora das Dores, padroeira de Juazeiro do Norte, se encerra hoje (15), com uma grande carreata com a imagem da santa pelas principais ruas da terra do Padre Cícero, a partir das 16h. Em virtude da pandemia da Covid-19, toda programação, que começou no último dia 29 de agosto, foi realizada sem a presença dos fiéis e transmitida pela TV Web Mãe das Dores.  

Programação de encerramento:  

  • Missa - 5h  
  • Missa - 7h
  • Missa Solene co-celebrada pelo bispo Dom Gilberto Pastana - 9h
  • Bênção do Chapéu e Despedida do Romeiro - 12h
  • Missa - 15h
  • Carreata com imagem da padroeira - 16h

A carreata, que substitui a tradicional procissão, sairá da Praça do Romeiro, às 16h, e seguirá por 22 ruas até retornar ao largo da Basílica de Nossa Senhora das Dores. A Igreja orienta que cada devoto faça um oratório em frente à sua casa, aguardando a passagem da imagem da padroeira. 

“Sairemos por algumas ruas com o carro andor, em gesto de gratidão e abençoando as famílias”, exaltou o padre Cícero José da Silva, pároco da Igreja Matriz. 

“Este ano foi atípico, sem a presença dos protagonistas de nossa missão que são os romeiros, os devotos”, admitiu o sacerdote. Este ano, mesmo que esteja autorizado o retorno gradual das celebrações presenciais na Igreja, o Diocese de Crato manteve a romaria de portas fechadas.

Na quarta-feira retornaremos nossas atividades com presenças dos nossos fiéis. É tempo de graça, recomeço, mas ao mesmo tempo do cuidado, pois, a covid-19 ainda nos inquieta e é uma realidade”, completa padre Cícero.  

Retorno 

A partir de amanhã (16), as celebrações com presença dos fiéis poderão ser realizadas nas 57 paróquias da Diocese de Crato. Ontem (14), o bispo Dom Gilberto Pastana emitiu uma nota autorizando  a administração dos sacramentos, as celebrações públicas e outras ações litúrgicas seguindo a ocupação limitada a 50% da capacidade e 1 (uma) pessoa por cada 12m², observando as demais medidas protetivas, tais como o uso obrigatório de máscara e de álcool em gel.  

“As igrejas que estiverem preparadas, organizadas, com aquilo que a Vigilância Sanitária nos exige, poderão fazer as celebrações, mas continuaremos com as transmissões on-line. Muitas pessoas, sabemos, que só voltarão após serem vacinadas. Precisamos continuar cuidando da vida. Não podemos de maneira nenhuma relaxar. O vírus continua, o mal continua, as pessoas continuam morrendo, pode não ser nas mesmas proporções do começo, mas o cuidado permanece. É preciso que vá se educando a este retorno para ir aprendendo a conviver com essa realidade”, completou Dom Gilberto.  

Quanto ao retorno das romarias presenciais, padre Cícero José da Silva pediu um pouco mais de cautela. “Ainda precisamos esperar um pouco mais. Porém, ‘meus amiguinhos, não desanimem, que espero na Santíssima Virgem que é a guarda de todos’, como aconselha o nosso padrinho, o Padre Cícero Romão Batista”, finalizou.  

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?