Apenas 20 cidades cearenses apresentam chuva abaixo da média em fevereiro

Este cenário, no entanto, pode se modificar nos próximos dias. Deste total, quatro cidades se aproximam da média histórica

Legenda: Sobral amanheceu com chuva nesta quinta-feira
Foto: Foto: Mateus Ferreira

O primeiro mês da quadra chuvosa no Ceará trouxe alívio para o sertanejo. A tendência é que este fevereiro seja o mais chuvoso dos últimos dez anos. Até esta quinta-feira (27), a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) já observou o acumulado de 187.6 milimetros.

No entanto, apesar dos bons volumes, em alguns municípios cearenses a chuva ainda está abaixo da média histórica.

Das 184 cidades do Estado, 20 apresentam pluviometria abaixo do esperado para o mês. O caso mais extremo é em Guaramiranga que, segundo dados oficiais da Funceme, ainda não choveu em fevereiro. No lado oposto da tabela, está Moraújo, cidade do Litoral Norte.

O Município foi, até agora, o que recebeu o maior volume de chuvas no mês. O observado de 536 milimetros representa 191.7% acima da média histórica (183.7 mm).

Últimas horas

Entre as 7 horas de quarta-feira (26) e 7 horas desta quinta (27), a Funceme observou pluviometria em mais de 50 municípios. O maior volume foi verificado em Baixo (62 mm), seguido por Ipaumirim (60 mm), Cedro (43 mm), Canindé (35 mm) e Aurora (34.2 mm).

Para os dois próximos dias (28 e 29) a previsão, conforme o órgão meteorológico é de nebulosidade variável com eventos de chuva em todas as regiões do Ceará. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará