Presidente do PDT declara apoio a Roberto Cláudio como candidato ao Governo do Ceará

Declaração de Carlos Lupi está alinhada a de lideranças como Ciro Gomes e José Sarto, mas vai de encontro a manifestação de aliados

Escrito por Luana Barros, Alessandra Castro,

PontoPoder
fotografia
Legenda: O presidente nacional do PDT participa de encontro regional em Fortaleza, ao lado de lideranças como Ciro Gomes e Roberto Cláudio
Foto: Fabiane de Paula

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, defendeu abertamente o apoio ao nome do ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT) para ser o candidato do partido na eleição ao Governo do Ceará neste ano, durante evento do PDT realizado na manhã desta quarta-feira (15), em Fortaleza.

O partido tem quatro pré-candidatos, mas os nomes do ex-gestor da Capital e o da governadora Izolda Cela têm gerado mais mobilizações tanto internamente na sigla como externamente, entre aliados. 

"Eu não sou eleitor aqui do Ceará, mas eu vejo o Roberto Cláudio com todas as condições, por ter sido prefeito da Capital, por ter experiência, um homem profundamente carismático, 8 anos de mandato na Prefeitura dá a ele uma condição muito grande. Isso não quer dizer que a Izolda não tenha (condições), apenas eu estou manifestando a minha opinião"
Carlos Lupi
Presidente Nacional do PDT

Também são pré-candidatos o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão (PDT), e o deputado federal Mauro Filho (PDT). 

Questionado sobre aliados manifestarem "veto" a um dos pré-candidatos e ameaçarem romper alianças, o que já foi ventilado por lideranças no PT, no MDB e no PP, Lupi subiu o tom, lembrando que "quem veta pode ser vetado" e que cabe aos pedetistas definirem o nome com mais chances de vitória. 

fotografia
Legenda: Ele ponderou que a decisão sobre quem deve disputar o Executivo Estadual será tomada de forma democrática dentro do partido
Foto: Fabiane de Paula

"Eu costumo dizer o seguinte: eu não digo quem será o candidato do PDT nem quem será o candidato do MDB, eu tenho que dizer, depois que a escolha democrática acontecer, quem é o candidato do meu partido, PDT. Como diz um ditado popular: cada um cuida do seu. (...) Eu não veto ninguém, mas não me vetem ninguém também", ressaltou.

Essa não foi a primeira vez em que Lupi manifestou preferência por Roberto Cláudio. Anteriormente, em entrevista ao jornal O Globo, ele questionou a popularidade da atual governadora do PDT. Dessa vez, no entanto, o apoio a Roberto Cláudio, em evento ao lado do ex-prefeito, foi mais direto.

"Não tem competição"

Participante do evento, Roberto Cláudio tentou evitar o tema ao ser questionado, mas amenizou a dualidade interna sobre os pré-candidatos apresentados.

fotografia
Legenda: Roberto Cláudio foi um dos participantes do evento
Foto: Fabiane de Paula

"A gente não tem competição interna, nós temos uma corrida, uma dinâmica partidária, que tem como proposta ouvir a população cearense, construir uma visão de futuro para o Ceará. E nós estamos cada um colhendo ideias, trabalhando para, na frente, nos unirmos em torno de um projeto e, eventualmente, de um nome que vai ser o candidato ou candidata", destacou.

A governadora Izolda Cela também foi uma das convidadas do evento. Ela chegou ao local acompanhada de uma comitiva de deputados federais e estaduais sob os gritos de "Izolda, Izolda, Izolda". Sobre a receptividade calorosa, disse ter ficado "feliz". "Receber essa reação calorosa das pessoas é bom,né?", acrescentou.

fotografia
Legenda: Izolda chegou ao evento acompanhada de uma comitiva de deputados federais e estaduais
Foto: Fabiane de Paula

Assim como Roberto, Izolda também minimizou a divisão entre os nomes: "eu me sinto honrada com isso [de ser cotada como pré-candidata], cada um com sua história. Então me sinto honrada", ressaltou.

O presidente Evandro Leitão, que também é pré-candidato pelo PDT e chegou junto com a comitiva da governadora, também botou panos quentes no assunto.

fotografia
Legenda: Evandro foi um dos deputados que chegou acompanhando a governadora Izolda Cela no evento
Foto: Fabiane de Paula

"Nós estamos avaliando o melhor nome que irá nos representar. Será um nome em que todos teremos condição de levantar bandeira", afirmou.

"Juízo para continuar"

Na terça-feira (14), em almoço com a bancada de vereadores do PDT de Fortaleza, Lupi alfinetou o Partido dos Trabalhadores, dizendo acreditar que "o PT vai ter juízo de entender que essa obra tem que continuar" sobre a aliança estadual entre as duas legendas. 

Na ocasião, tanto ontem como hoje, ele citou a dobradinha das duas siglas no comando do Executivo Estadual nos últimos 16 anos.

Evento

O encontro regional do PDT, que inicia pelo Ceará, busca reafirmar o apoio ao pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT). Nas últimas semanas, Lupi confirmou ter recebido ligações do ex-presidente Lula (PT) na tentativa de reaproximar as duas siglas após desgaste. 

Além de lideranças da sigla no Ceará, o encontro reúne outros representantes do partido no Nordeste, como a vice-prefeita de Natal Aila Cortez; a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Santos; o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo; a vice-prefeita de Recife, Isabella de Roldão; o vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, e o senador pelo Maranhão Weverton Rocha.