Concurso da Polícia Federal é autorizado para 1.500 vagas; PRF aguarda aval

Confira distribuição de vagas por cargos. Maioria é para agentes de polícia

O aguardado concurso da Polícia Federal foi autorizado, em portaria publicada pelo Governo Federal. A expectativa inicial era que o certame disponibilizasse 2 mil vagas, mas serão abertas, na verdade, 1.500.

Como ficou a distribuição das vagas

  • Agente de polícia - 893 vagas
  • Delegado de polícia - 123 vagas
  • Escrivão de polícia - 400 vagas; e
  • Papiloscopista policial federal - 84 vagas

Remuneração

Para os cargos de agente, escrivão e papiloscopista, de nível superior em qualquer área e para candidatos com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior, a remuneração inicial é de R$ 12.441,26

Já para delegado, cargo para o qual se exige formação em Direito, com Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B ou superior e três anos de atividade jurídica, os vencimentos são de R$ 23.130,48.

Edital de abertura

Após a autorização, o edital de abertura deve sair em até seis meses, portanto, no máximo, em junho de 2021, mas a expectativa é que a publicação ocorra antes. O documento trará todos os detalhes do certame.

Polícia Rodoviária Federal

Enquanto isso, concurseiros aguardam a autorização do concurso para a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Estima-se que em torno de 2 mil vagas sejam liberadas. 

Atualmente, a remuneração inicial para policiais rodoviários federais é de R$ 10,3 mil, valor no qual está incluso o auxílio-alimentação de R$ 458. Já para a carreira de agente administrativo, uma das possíveis dentro da Polícia Federal, com exigência de nível médio, tem salário inicial de R$ 4.022,77.

Quero receber conteúdos exclusivos do Papo Carreira