Explosões no Líbano deixam pelo menos 50 mortos e 2,7 mil feridos

"É uma catástrofe em todos os sentidos do termo", afirmou o ministro da Saúde do país

fotografia dos estragos em Beirute
Legenda: Explosões causaram estragos em Beirute, capital libanesa
Foto: AFP

As potentes explosões, nesta terça-feira (4), no porto de Beirute, no Líbano, deixaram pelo menos 50 mortos e 2,7 mil feridos, segundo estimativas preliminares. 

"É uma catástrofe em todos os sentidos do termo", lamentou Hamad Hassan, ministro da Saúde do país, em declarações a várias emissoras de televisão após visitar um hospital na capital libanesa. "Os hospitais da capital estão todos cheios de feridos", acrescentou, pedindo que os outros feridos sejam transferidos para estabelecimentos nos subúrbios da cidade.

arte

A Cruz Vermelha libanesa afirmou que qualquer ambulância disponível no norte ou sul do país e em Bekaa seria enviada para Beirute. Nas redes sociais, moradores relatam que janelas de edifícios e vitrines de lojas estilhaçaram.

O Líbano atravessa sua pior crise econômica em décadas, marcada por depreciação monetária sem precedentes, hiperinflação, demissões em massa e restrições bancárias drásticas, que alimentam há vários meses o descontentamento social.

Você tem interesse em receber mais conteúdo internacional?

Assuntos Relacionados