Todas as cidades do Ceará estão em níveis de risco alto ou altíssimo para Covid-19

Essa é a primeira vez que todo o Ceará se encontra nesses estados mais graves de alerta, desde que os índices começaram a ser divulgados pela Sesa

Legenda: Nenhum município cearense registra nível 'novo normal', de risco baixo para a transmissão da doença
Foto: Helene Santos

Todos os 184 municípios cearenses atingiram os níveis de alertas mais graves para transmissão da Covid-19. Ao todo, 173, ou 94% dos municípios, estão classificados no nível de alerta 'altíssimo' para transmissão da doença.

Já os 11 restantes estão no nível 3, em risco alto, conforme o Painel Níveis de Alerta, disponibilizado na plataforma IntegraSUS, atualizada pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) na manhã desta sexta-feira (19).

Essa é a primeira vez que o Ceará todo se encontra nesses estados mais graves de alerta desde que os índices começaram a ser divulgados pela Sesa, em 3 de dezembro de 2020.

O painel da Sesa pode apontar ainda cidades que possam estar em níveis de alerta para risco baixo ou moderado, o que não ocorre em nenhuma cidade neste momento. 

Os dados dizem respeito às semanas epidemiológicas 9 e 10, referentes aos dias 28 de fevereiro a 13 de março. No último dia 16 de fevereiro, 70 cidades do Ceará apresentavam nível de alerta 'altíssimo' para transmissão da Covid.

Portanto, em relação aos dados mais recentes, houve um aumento de 147,15% ou de 103 municípios a mais a registrar o nível de alerta máximo. 

Conforme o Diário do Nordeste publicou há quatro dias, 169 cidades - quatro a menos - atingiam o pior nível dentre as quatro fases de classificação para transmissão da doença. Na ocasião, Jaguaribe e Aracoiaba, por exemplo, estavam no Nível 3 - Risco alto. Agora, ambas estão no Nível 4 - Altíssimo.

Municípios com Risco Alto - Nível 3:

  • Acarape
  • Caririaçu
  • Granjeiro
  • Ibicuitinga
  • Itatira
  • Orós
  • Potengi
  • São João do Jaguaribe
  • Solonópole
  • Tururu
  • Umari

Entenda as classificações

A metodologia que define os quatro diferentes níveis de alerta considera critérios como percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19, taxa de letalidade pela doença e percentual de leitos UTI-Covid ocupados.

Para o município ser classificado no nível "moderado", por exemplo, ele tem que ter todos os indicadores enquadrados nessa faixa. Quando um deles ultrapassa, o município avança no nível de risco de transmissão. 

NOVO NORMAL - taxa de ocupação dos leitos menor que 70%; taxa de letalidade menor que 1; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 menor que 25%.

MODERADO - taxa de ocupação dos leitos entre 70% e 80%; taxa de letalidade entre 1 e 2; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 25% e 49,9%.

ALTO - taxa de ocupação dos leitos entre 80,1% e 95%; taxa de letalidade entre 2 e 3; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 50% e 75%.

ALTÍSSIMO - taxa de ocupação dos leitos maior que 95%; taxa de letalidade maior que 3; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 maior que 75%.

Cenário da Covid no Ceará

O Ceará contabilizou, até às 8h49 desta sexta, 491.575 casos confirmados de Covid-19, com 12.750 óbitos pela doença. Há ainda, 74.029 casos em investigação e 343.858 casos recuperados. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizada diariamente pela  Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa). A taxa de letalidade no Estado é de 2,6%.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza

Assuntos Relacionados