Cadastro da vacinação contra Covid-19 no Ceará poderá ser confirmado por telefone de forma gratuita

Cerca de 175 mil pessoas ainda não confirmaram cadastro, informou a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa)

Vacina contra Covid-19
Legenda: O plano de vacinação, segundo a Sesa, segue as recomendações de imunizar, inicialmente, os quatro primeiros grupos que têm prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI).
Foto: José Leomar

Quem não recebeu confirmação de inscrição no Cadastro Estadual de Vacinação por e-mail poderá consultar a efetivação por telefone a partir desta sexta-feira (19), através do número 0800 275 1475. A ligação para o número é gratuita.

Segundo a secretária executiva da Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), Magda Almeida, cerca de 175 mil pessoas ainda não confirmaram a inscrição.

"É mais uma maneira para que as pessoas que não receberam e-mail possam confirmar o seu cadastro e, assim, o município ficar organizando o atendimento e o agendamento das pessoas para a vacina antiCovid", afirmou.

Pessoas dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) e maiores de 18 anos têm até o dia 27 de março para inclusão das informações na plataforma, que servirá como um censo integrado com os municípios cearenses. O plano de vacinação, segundo a Sesa, segue as recomendações de imunizar, inicialmente, os quatro primeiros grupos que têm prioridade.

Avanço para a segunda fase

Magda confirmou também que os municípios que avançaram na vacinação da primeira fase podem ir para a segunda, que contempla idosos a partir de 60 anos, a partir desta sexta. A secretária executiva, contudo, orienta que sejam priorizados os idosos de 72 a 74 anos neste momento.

Atendimento domiciliar continua

A modalidade domiciliar será continuada na segunda fase da vacinação em Fortaleza, segundo informou a prefeitura municipal

Para ter acesso ao serviço, no entanto, o idoso deve informar sua condição no ato do cadastro na plataforma Saúde Digital, disponível para a população desde o início do mês de março

Após preencher as informações básicas de identificação, o idoso precisa responder se é acamado, na 2ª fase do processo. Caso a resposta seja positiva, após finalizar o cadastro, a Prefeitura realizará o agendamento para aplicação da vacina de forma domiciliar.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza