Secretaria da Saúde do Ceará solicita estoque de remédios contra a Covid-19 para 26 distribuidoras

Secretaria da Saúde se planeja para que o envio de remédios utilizados no tratamento da doença seja rápido

Secretário da Saúde, Dr. Cabeto, em reunião com representantes farmacêuticos para falar sobre estoques de remédios para a Covid
Legenda: Secretário da Saúde, Dr. Cabeto, em reunião com representantes farmacêuticos
Foto: Divulgação/Sesa

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) solicitou, administrativamente, a garantia de estoque a 26 distribuidoras de remédios contra a Covid-19. Cenário de agravamento da segunda onda da doença tem sido alvo de preocupação e foi tema de reunião com o setor nesta quarta-feira (24).

Operação para a estocagem de remédios será coordenada pelas secretarias da Fazenda e da Segurança Pública e Defesa Social (Sefaz e SSPDS).

O titular da Sesa, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, pediu que as empresas garantam o envio rápido dos fármacos para unidades de saúde públicas e privadas. Reunião virtual contou com a participação de representantes do ramo farmacêutico.

Apesar da programação da pasta para que os remédios estejam assegurados, os municípios são responsáveis por gerir os próprios estoques. Gestores municipais, inclusive, enfrentam dificuldades no abastecimento de produtos, devido ao momento crítico da Covid no Ceará. 

“Estamos nos vendo num cenário inapropriado para a população cearense, então resolvemos tomar essa atitude. Vivemos uma situação de excepcionalidade e nós precisamos preservar a vida das pessoas. Quero manter essas reuniões de alinhamento, numa relação ética e transparente, prezando pelo diálogo com o setor”, afirmou Dr. Cabeto.

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza