Profissionais da saúde que perderam dose de reforço em Fortaleza poderão se vacinar no fim de semana

Informação sobre a repescagem foi divulgada pelo prefeito José Sarto, na tarde desta sexta-feira (8). Veja locais de vacinação

Escrito por Redação,

Metro
Enfermeira de máscara e touca com a seringa na mão, vacinando
Legenda: Profissionais da saúde começaram a receber a dose de reforço em Fortaleza na quinta-feira (7)
Foto: Thiago Gadelha

Os profissionais da saúde que não tomaram a dose de reforço contra a Covid-19, conforme previsto na lista nominal divulgada no site da Prefeitura de Fortaleza, poderão se vacinar neste sábado (9) e domingo (10).

O comunicado sobre a repescagem foi divulgado nas redes sociais do prefeito José Sarto, no início da tarde desta sexta-feira (8).

Para receber a dose de reforço, trabalhadores da área deverão apresentar documentos pessoais, cartão de vacinação e comprovação do agendamento anterior. 

Confira a lista com os locais de atendimento a este público:

  • Sábado (9/10): Centro de Eventos (Salões), Iguatemi, RioMar Kennedy, RioMar Fortaleza (Papicu), Policlínica Dr. José Eloy da Costa Filho(Av. Osório de Paiva, 2466, Bonsucesso), Policlínica Dr. Luiz Carlos Fontenele (Av. Juscelino Kubischeck, 5495, Passaré) e Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues (Av. Lineu Machado, 155, Jóquei Clube);
  • Domingo (10/10): Centro de Eventos (Salões), Iguatemi, RioMar Kennedy e RioMar Fortaleza (Papicu).

Cerca de 21 mil trabalhadores da saúde começaram a receber nessa quinta-feira (7) doses de reforço de vacinas contra a Covid-19, em Fortaleza.

Podem receber a dose de reforço os profissionais que tiverem tomado a segunda dose há pelo menos seis meses.

Imunossuprimidos 

Os pacientes imunossuprimidos também estão sendo contemplados com a dose adicional do imunizante contra o coronavírus na Capital cearense, desde a última quinta. 

A Prefeitura iniciou a aplicação por fortalezenses que fazem o procedimento de diálise, diretamente na clínica onde realizam o tratamento.

Pessoas com imunossupressão devem atualizar o cadastro no site Saúde Digital, indicando a condição clínica que se encontram.

A Secretaria da Saúde (Sesa) atualizou o sistema de cadastro para a administração da dose de reforço, e uma caixa de confirmação foi acrescentada ao conteúdo para autodeclaração de pessoas com imunossupressão.

Doenças Inflamatórias Crônicas imunomediadas:

  • Artrite Reumatóide;
  • Anemia hemolítica autoimune;
  • Crioglogulinemia mista essencial;
  • Cirrose biliar primária;
  • Doença de Crohn;
  • Doença de Kawasaki;
  • Dermatomiosite;
  • Esclerose Múltipla;
  • Esclerodermia sistêmica;
  • Espondilite anquilosante;
  • Granulomatose de Wegener;
  • Hepatite Auto-imune;
  • Lúpus Eritematoso Sistemico;
  • Miastenia gravis;
  • Mielite transversa;
  • Polimialgia reumática;
  • Poliarterite nodosa;
  • Polimiosite;
  • Psoríase (Artrite psoriática);
  • Púrpura de Henoch-Scholein;
  • Retocolite ulcerativa;
  • Sarcoidose; 
  • Síndrome Sjogren;
  • Vasculites.