Nível de risco para a Covid-19 é altíssimo em 179 cidades do Ceará

Dos 184 municípios cearenses, três apresentam risco alto e dois apresentam risco moderado, conforme os dados mais atualizados no IntegraSUS

Leito/ Covid
Legenda: No Estado, já são 541.227 mil casos confirmados e 14.167 óbitos pela doença.
Foto: Thiago Gadelha

Dos 184 municípios do Ceará, em 179, incluindo Fortaleza, o nível de risco para a Covid-19 é considerado altíssimo. A métrica utilizada no IntegraSUS pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) vai de risco baixo (nível 1) a altíssimo (nível 4). Nesse último caso, a taxa de ocupação dos leitos deve estar acima de 95%, a de letalidade superior a 3%, e a positividade de testes maior que 75%.

Outras três cidades (Solonópole, Lavras da Mangabeira e Barro) estão no risco alto (nível 3), outros dois municípios (Pereiro e Ererê) estão no risco moderado (nível 2). Os dados dizem respeito às semanas epidemiológicas 11 e 12, período compreendido entre os dias 14 e 27 de março. 

Mais de um milhão de vacinados

Após 72 dias (18 de janeiro) da primeira pessoa vacinada no Estado, o Ceará atingiu, na terça-feira (30), a marca de 1.041.224 doses aplicadas de vacina contra Covid-19. Em Erere e Pereiro, cidades com risco moderado, já foram vacinados com a primeira dose 683 e 1673, respectivamente.

A meta da Sesa é que 14.927.908 de pessoas sejam vacinadas no Ceará. Até o momento, já foram aplicadas 817.598 da primeira dose e  223.626 da segunda. Estão sendo vacinados profissionais de saúde e idosos com mais de 60 anos.

Magda Almeida, secretária-executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria Estadual da Saúde, comemorou a marca no Estado. Segundo ela, o número é significativo, pois é maior que o número de casos confirmados no Ceará.

"Desde o dia 18 de janeiro deste ano, uma grande equipe de gestores e profissionais da saúde têm se mobilizado para tornar a vacinação mais rápida possível", finaliza.

Fiscalização na Semana Santa

No Estado, já são 541.227 mil casos confirmados e 14.167 óbitos pela doença. Desde o dia 5 de março, Fortaleza está em isolamento social rígido, e desde o dia 13 de março todo o Estado também entrou em lockdown para tentar conter os casos da doença e o aumento de internações e óbitos. 

Tendo em vista as medidas de isolamentos do Governo do Ceará, as viagens que serão realizadas no feriado da Semana Santa terão que ser justificadas. A operação de fiscalização das estradas estaduais será liderado pelo Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), tendo início nesta quinta-feira (01) às 17h.

Entenda as classificações de risco

A metodologia que define os quatro diferentes níveis de alerta considera os seguintes critérios: 

Novo Normal 

Taxa de ocupação dos leitos menor que 70%; taxa de letalidade menor que 1%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 menor que 25%;

Moderado

Taxa de ocupação dos leitos entre 70% e 80%; taxa de letalidade entre 1% e 2%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 25% e 49,9%;

Alto

Taxa de ocupação dos leitos entre 80,1% e 95%; taxa de letalidade entre 2% e 3%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 entre 50% e 75%;

Altíssimo

Taxa de ocupação dos leitos maior que 95%; taxa de letalidade maior que 3%; percentual de positividade de testes para diagnóstico de Covid-19 maior que 75%.

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza