Longas filas de espera são registradas em diversos pontos de vacinação em Fortaleza

Em uma das unidades, demora na entrega das doses do imunizante contra a Covid-19 pode ter contribuído para a aglomeração

Escrito por Carol Melo e Wânyffer Monteiro,

Metro
Fila de espera para vacinação em Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues
Legenda: Muitas pessoas foram policlínica do bairro Jóquei Clube para realizar consultas previamente agendadas, mas, ao chegarem no local, foram informadas que eles foram suspensos na data
Foto: arquivo pessoal

Longas filas de espera foram registradas, na manhã desta quinta-feira (1º), em diversos pontos de vacinação contra a Covid-19 em Fortaleza. Mais de 32 mil idosos estão agendados para serem imunizados hoje.

Dezenas de pessoas aguardavam serem atendidas na Policlínica Dr. Luiz Carlos Fontenele, no bairro Passaré. Segundo os presentes, muitas pessoas teriam chegado antes do horário agendado. 

Fila de espera em ponto de vacinação na Policlínica Dr. Luiz Carlos Fontenele, no bairro Passaré
Foto: arquivo pessoal

Outro ponto que pode ter contribuído para a formação de filas no local foi a demora na entrega das doses da vacina contra a Covid-19, que chegaram somente por volta das 10h, conforme os relatos. O coordenador da Rede de Atenção Primária e Psicossocial da Prefeitura, Erlemus Soares, confirmou o atraso que, segundo ele, teria sido de cerca de 40 minutos.  

A Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues, no bairro Jóquei Clube, também registrou aglomeração. De acordo com os presentes, muitas pessoas foram à unidade de saúde para realizar consultas previamente agendadas, mas, ao chegarem, foram informados que os atendimentos foram suspensos devido ao decreto que estabeleceu ponto facultativo nesta quinta-feira e à priorização da vacinação.

Erlemus Soares explicou que, como a resolução foi publicada na terça-feira (30), não houve tempo suficiente para avisar todos os pacientes agendados sobre a suspensão na data. 

O coordenador também esclareceu que as filas aconteceram, muitas vezes, devido à presença de mais de um acompanhante por idoso.

Em transmissão nas redes sociais, o prefeito José Sarto Nogueira alertou que o ideal é que apenas uma pessoa seja levada como acompanhante aos locais de vacinação. 

"Procure obedecer ao seu horário de agendamento. Não vá nem antes, nem depois. E também leve um acompanhante, por que evita aglomeração desnecessária e evita expor seu acompanhante a risco de contágio desnecessário", aconselhou o gestor.

A imunização de idosos na Capital ocorre em 58 postos de saúde e três policlínicas, além dos quatro drive-thrus, nesta quinta e sexta-feira (2).  

Ampliação da campanha de vacinação 

Nesta quinta-feira, Fortaleza avançou na execução do plano de imunização contra a Covid-19 com o início da imunização de idosos entre 65 e 67 anos. Em paralelo, seguem sendo vacinados os idosos já agendados entre 68 e 74 anos.  

Os idosos cadastrados no sistema Saúde Digital e agendados pelo Município devem receber mensagem via WhatsApp e e-mail contendo as informações do agendamento.