Governo amplia benefício do Cartão Mais Infância e 150 mil famílias receberão auxílio no Ceará

O Mais Infância paga R$ 100 mensais a mães e pais de crianças de 0 a 6 anos e que sejam baixa renda

Cartão Mais Infância, que teve benefício ampliado pelo Governo do Ceará
Legenda: Em 2020, o Governo investiu cerca de R$ 50 milhões no benefício
Foto: Ariel Gomes/Divulgação

O governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira (16), que o benefício do Cartão Mais Infância, que paga R$ 100 mensais a famílias vulneráveis, foi ampliado. O número de núcleos familiares assistidos passa de 70 mil para 150 mil.

Além de valer neste momento de agravamento da pandemia da Covid-19, a medida será oficializada de forma permanente. O Mais Infância é um projeto do Governo do Estado que assiste famílias de crianças de 0 a 6 anos e que sejam baixa renda. 

O benefício já havia passado por ampliações anteriores. O valor do pagamento subiu de R$ 85 para R$ 100 e o número de famílias de 50 mil para 70 mil.

Camilo anunciou nova medida de alívio para a população por meio de live no fim da tarde desta terça. Camilo relembrou ainda as ações já aprovadas como os auxílios para o setor de eventos, alimentação fora do lar e ainda isenção de impostos e também contas de água para famílias baixa renda.

O chefe do Executivo Estadual reforçou também a chegada de novo lote de imunizantes contra a Covid-19 nesta quarta-feira (17). O nono lote de produtos chega em Fortaleza com 187.400 doses da CoronaVac.

Camilo Santana
Legenda: Governador anunciou novas medidas de apoio à população no fim da tarde desta terça
Foto: Reprodução/Facebook

Camilo afirmou, ainda, que trabalha para divulgar novas ações de auxílio para os cearenses. Ele disse que está em contato com o presidente da Enel Distribuição Ceará para estender a isenção de contas também para os vencimentos da energia para pessoas em situação de vulnerabilidade.

Sanção da lei para compra da Sputnik V

Durante a transmissão ao vivo, o governador sancionou a lei que autoriza o Governo a celebrar a operação contratual de compra da vacina russa Sputink V, contra a Covid-19. 

Assembleia Legislativa do Ceará aprovou, nesta terça-feira (16), em sessão virtual, projeto de lei que autoriza o Governo do Estado a adquirir 5,8 milhões de doses do imunizante russo.

"A vacina tem 93% de eficácia e que vai nos permitir acelerar o Plano Nacional de Imunização. Deveremos nesta semana firmar o contrato de compra, estamos na finalização desse processo. É uma ação importante pois é a única forma de sairmos dessa pandemia é com a vacinação", pontua o petista. 

Crítica sobre fake news

Camilo aproveitou o momento para expressar indignação com a circulação de notícias falsas sobre medidas de combate à Covid-19 no Ceará. "Estou impressionado com a capacidade de produzir fake news".

"Qualquer medida de decisão do Governo do Estado estará nas minhas redes sociais oficiais e farei aqui para que o cidadão e a cidadã cearense tenha conhecimento de forma transparente e sincera. Estão dizendo que vão fechar supermercados, postos e acabar com deliveries, que vai acabar a circulação de ônibus: isso tudo é mentira", pontua o governador.

"Essas pessoas não amam o Ceará, elas querem o mal e o pior. E nós não podemos deixar. Isso não é brincadeira, é uma coisa séria", frisou Camilo.

Combate à Covid-19

Atualmente o Ceará conta com 3.828 leitos ativados exclusivamente para o tratamento de pacientes com Covid-19. De acordo com o governador, são 2.684 de enfermaria e 1.144 de UTI: "Toda semana, quase diariamente, temos ampliado o número de leitos".

O governador ressaltou também o problema de fornecimento de oxigênio hospitalar para pacientes internados com o novo coronavírus. Apesar de não haver nenhum município em desabastecimento, segundo ele, há impasses na logística de vazamento do gás para os cilindros.

Camilo informou que na madrugada desta terça-feira, caminhões que vão possibilitar a ampliação desse fornecimento, saíram em direção às cidades que estão com o problema. Reuniões tem sido realizadas com empresas como a White Martins para dar celeridade ao caso. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza