Ceará registra cinco mortes e 298 casos da variante Delta, aponta Sesa

Casos e mortes foram confirmados em 43 municípios. Maioria dos pacientes acometidos é homem

Escrito por Redação,

Metro
Homem fazendo exame de Covid
Legenda: Quatro dos cinco pacientes que morreram residiam em Fortaleza
Foto: Raquel Portugal/ Fundação Oswaldo Cruz

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) confirmou, nesta quarta-feira (3), cinco mortes e 298 casos de infecção pela variante Delta do coronavírus, em residentes e viajantes no Estado.

Dos quase 300 casos da cepa indiana, 154 foram confirmados em pessoas do sexo masculino e 144 do sexo feminino.

A maioria está entre as faixas etárias dos 20 aos 49 anos, conforme os sequenciamentos genômicos realizados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) e o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen).

Óbitos pela variante Delta

Dos cinco pacientes que morreram em decorrência de complicações, todos eram homens com idades próximas a 60 anos, detalhou a Sesa. 

Quatro das cinco vítimas moravam em Fortaleza, sendo que três deles tinham histórico recente de viagem. O quarto esteve sob investigação pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs).

O quinto óbito foi um caso importado de um filipino tripulante de navio do país asiático.

Novos casos e mortes 

Até o último dia 7 de outubro, a Sesa contabilizava três óbitos e 208 casos confirmados de Covid-19 provocados pela variante Delta no Ceará.

Isso significa que, em menos de um mês, foram registrados 90 novos casos e outras duas mortes em decorrência da Delta. 

Os três pacientes que morreram devido às complicações da infecção eram homens, com idades de 41, 45 e 69 anos. Dois deles moravam em Fortaleza, não tinham histórico de viagem e não eram vacinados contra a doença. 

Outras cepas

Em agosto, foi identificada no Ceará a variante de preocupação Alfa (oriunda do Reino Unido) em um homem de 64 anos, residente e procedente do município de Governador Valadares (MG). Ele estava vacinado com duas doses e apresentava sintomas leves.

Já em setembro, o Ceará também confirmou os primeiros casos de variante Mu (ou B.1.621) do coronavírus. A variante que surgiu na Colômbia é monitorada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

As cearenses que tiveram Covid pela cepa Mu foram duas mulheres de 45 e 47 anos, com residência em Fortaleza.

Confira lista dos municípios com casos confirmados da Delta:

  • Acaraú
  • Alto Santo
  • Aquiraz
  • Aracati
  • Ararendá
  • Beberibe
  • Camocim
  • Cascavel
  • Caucaia
  • Choró
  • Crateús
  • Eusébio
  • Farias Brito
  • Fortaleza
  • Hidrolândia
  • Ibiapina
  • Icó
  • Ipaporanga
  • Ipu
  • Ipueiras
  • Iracema
  • Irauçuba
  • Itapipoca
  • Jaguaretama
  • Jaguaruana
  • Maracanaú
  • Monsenhor Tabosa
  • Nova Russas
  • Paraipaba
  • Pentecoste
  • Poranga
  • Quixadá
  • Quixeramobim
  • Redenção
  • Russas
  • São Benedito
  • São Gonçalo do Amarante
  • Sobral
  • Tabuleiro do Norte
  • Tamboril
  • Tauá
  • Tianguá
  • Umirim