Ceará recebe primeiro lote de vacinas da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

A aplicação do imunizante no público infantil deve começar no sábado (15), segundo o governador Camilo Santana

Escrito por Carol Melo,

Metro
Criança de roupa vermelha sendo vacinada no braço
Legenda: No Ceará, a vacinação acontecerá sem a cobrança de prescrição médica
Foto: Geoffroy van der Hasselt/AFP

O Ceará recebeu, nesta sexta-feira (14), as primeiras unidades infantis da vacina desenvolvida pela Pfizer. As 55.100 doses serão usadas na imunização de crianças entre 5 e 11 anos no Estado. Segundo o governador Camilo Santana, a aplicação deve começar neste sábado (15) em Fortaleza e outros municípios.

O primeiro lote com mais de 1,2 milhão de doses do fármaco desembarcou no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, São Paulo, nas primeiras horas dessa quinta-feira (13).

Cronograma da vacinação

O cronograma de vacinação adotado no Estado será o mesmo determinado pelo Ministério da Saúde, tendo início com o público com comorbidades ou deficiência permanente, seguido por faixa etária em ordem decrescente de 11 a 5 anos. 

A imunização de crianças de 5 a 11 anos foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no último dia 16 de dezembro, após análises de segurança e eficácia da vacina. No Estado, a vacinação acontecerá sem a cobrança de prescrição médica

Conforme o secretário da Saúde do Estado, Marcos Gadelha, as crianças deverão estar acompanhadas de pais ou responsáveis para a aplicação da vacina, mas não há a necessidade de um atestado médico. Após receberem a vacina, as crianças deverão ser observadas, acrescenta ele, em razão das possíveis reações ao imunizante, embora as chances de um evento grave serem mínimas. 

"A possibilidade de uma reação adversa grave é mínima, muito raro. A maioria das vezes as reações são muito leves, como uma febrezinha, que precisa de um antitérmico; ou uma dor de cabeça, que se resolve com um analgésico", comenta.
   

PASSO A PASSO PARA O CADASTRO NO SAÚDE DIGITAL 

  1. Acesse o site Saúde Digital
  2. Selecione a opção "Ainda não tenho cadastro"
  3. Identifique-se preenchendo corretamente seus dados
  4. Nesta etapa do cadastro, deve ser informado se a pessoa está acamada, se tem alguma comorbidade e profissão
  5. Confirme seus dados e crie uma senha de acesso ao cadastro
  6. Finalize o cadastro e aguarde seu agendamento
  7. Em Fortaleza, é possível acompanhar a lista de agendados no site. Os nomes são divulgados diariamente

E-MAIL DE CONFIRMAÇÃO DO CADASTRO NÃO CHEGOU

Nesse caso, cheque todas as caixas do seu e-mail como "spam" e "lixeira". Caso não encontre a mensagem, a Sesa disponibiliza o telefone gratuito 0800 275 1475 para questionamentos sobre o Cadastro Estadual de Vacinação. 

No site da Sesa e do Governo do Ceará está disponível também o assistente virtual "Plantão Coronavírus". 

COMO ACESSAR O CADASTRO DE VACINAÇÃO? 

Quem deseja acessar o seu cadastro deve entrar na plataforma Saúde Digital e clicar em "Já tenho cadastro". O acesso é feito com o CPF e a senha criada no ato do cadastramento. 

ALTERAÇÕES NO CADASTRO

Para quem vai se vacinar, é permitido mudar somente o número de telefone fornecido após a conclusão do cadastro. Já para as gestões municipais, é possível criar e alterar perfil para vacinadores e a liberação de agendadas por comorbidade.

VC REPÓRTER 

Presenciou um fato importante que merece virar notícia? Tem um vídeo ou uma foto? A sua sugestão ou denúncia pode virar uma matéria no Diário do Nordeste. Envie para o nosso WhatsApp (85) 999690752. Clique aqui para já mandar uma mensagem.