Cadastro e vacinação em domicílio: tire dúvidas sobre a imunização contra Covid-19 em Fortaleza

Nas estimativas da Prefeitura, até o momento, pelo menos 18.153 fortalezenses já receberam o imunizante contra o coronavírus (Sars-Cov-2)

Legenda: O segundo dia de vacinação dos profissionais da saúde começou às 9h30 desta terça-feira (26), no Centro de Eventos
Foto: Camila Lima

Uma semana após a chegada da vacina contra Covid-19 no Ceará, as entidades de saúde de Fortaleza dão seguimento à imunização do público mais vulnerável: profissionais de saúde podem recorrer ao Centro de Eventos para receber a primeira dose do imunizante

Os idosos com mais de 75 anos são a próxima parcela a ganhar atenção municipal, com atendimento em domicílio e em drive-thrus, a partir desta quarta-feira (27) — tudo previamente agendado pelo portal Vacine Já, painel da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

No entanto, quem recorreu à plataforma encontrou instabilidade e um erro no sistema direcionou idosos para a vacinação no Centro de Eventos. “Nós tivemos mais de um milhão de inserções. A quantidade de inserções pode dar uma instabilidade no sistema”, explica Ana Estela Leite, secretária municipal de saúde. 

Por conta da demanda extra, a Prefeitura reorganiza o esquema de vacinação e é preciso estar atento às recomendações. 

Para quem é profissional da saúde

  • Profissionais priorizados também precisam fazer agendamento? 

Não. Eles já estão até domingo, garante a Secretaria Municipal.

  • Qual documento preciso apresentar para ser atendido?

É possível comprovar o vínculo com contracheque, carteira de trabalho ou declaração do diretor da instituição. Por enquanto, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atende exclusivamente os profissionais atuantes na linha de frente. “De quarta-feira até domingo, os profissionais da saúde que estão agendados para o centro de eventos terão que comprovar que estão atuando na rede hospitalar do município de Fortaleza”, reforça a secretaria. 

  • E os profissionais que não trabalham em hospitais ou na rede municipal?

A imunização vale apenas para quem trabalha na rede hospitalar de Fortaleza, explica Ana. “A gente pede que os outros que não trabalham em hospitais, que não se dirijam para o Centro de Eventos. Aguarde que terá um novo agendamento para eles”. Ainda não há previsão para vacinação dessa parcela de agentes. 

  • O agendamento para profissionais está suspenso? Quando será disponibilizado de novo? 

Por enquanto, a marcação pelo Vacine Já está interrompida para profissionais de saúde. A estratégia, ressalta a secretária municipal, é atualizada diariamente para acomodar a demanda. “A gente preferiu suspender e a partir de domingo a gente faz um balanço do que ainda temos de imunobiológicos, do que ainda temos de vacina e da quantidade desse público prioritário que foi imunizado”, ressalta a secretária. 

Para idosos com mais de 75 anos

  • Consegui agendar a vacina para o Centro de Eventos por conta do erro. Preciso de um novo cadastro? 

Não. As pessoas com mais de 75 anos que conseguiram marcar a imunização no Centro de Eventos pela plataforma Vacine Já devem aguardar para receber a dose em casa. “Esse agendamento será utilizado para vacinação em domicílio e o mesmo drive thru, que nós vamos informar posteriormente”, recomenda a Secretaria. 

  • Tenho cadastrado no posto de saúde. Precisa entrar na internet para fazer o agendamento?

Sim. O cadastro realizado nos postos atualizam a base do Sistema Único de Saúde (SUS). Para marcar a vacinação em domicílio, contudo, o agendamento virtual é necessário. O mapeamento servirá para que a Prefeitura defina as rotas de vacinação. Quem não tem acesso à Internet, no entanto, pode recorrer aos postos para o agendamento. “Há uma equipe destinada a isso. O idoso que necessita ir no posto para inserção, ele pode pedir para um familiar fazer isso. Não precisa se deslocar até o posto para não correr risco”, recomenda Ana. 

  • Há previsão para o início da vacinação em domicílio? 

Sim. A vacinação em domicílio deve iniciar nesta quarta-feira (27) e ainda não tem data para encerrar. Nas estimativas da SMS, 70 equipes devem atuar na visita às residências. A capacidade é de 2.100 domicílios visitados por dia. Bairros com os maiores índices da doença serão priorizados. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza