Saiba quais os profissionais da área da saúde que podem se vacinar contra Covid-19 na primeira fase

Na atualização do Plano Estadual de Vacinação, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) detalhou os trabalhadores da área da saúde que serão imunizados ainda na primeira fase – para além dos que foram priorizados na distribuição inicial de vacinas

Legenda: Mais profissionais da saúde começaram a ser vacinados nesta segunda-feira (25), na Central de Vacinação instalada no Centro de Eventos, em Fortaleza
Foto: Camila Lima

O plano de operacionalização para vacinação contra Covid-19, elaborado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), foi editado a fim de detalhar os grupos incluídos na primeira fase da campanha. Agora, a Pasta destaca quais profissionais da saúde receberão as próximas doses – para além dos que foram priorizados na distribuição inicial de vacinas.

Conforme uma circular enviada pela Sesa aos secretários municipais da saúde do Ceará, datada do dia 13 de janeiro, a pasta estadual pede que se faça um levantamento dos profissionais que atuam na linha de frente do tratamento da Covid-19 para que sejam priorizadas as doses de vacina nesse primeiro momento.

São eles: profissionais que trabalham nas enfermarias e UTIs de unidades hospitalares Covid; transporte pré hospitalar (Samu), UPAS, emergências de hospitais porta aberta; vacinadores; laboratórios de biologia molecular; centros de coleta testagem e atendimento Covid; agentes comunitários de saúde; agentes de combate às endemias; visitadores domiciliares, enfermeiros e técnicos de enfermagem e médicos da Estratégia de Saúde da Família.

Apesar da orientação da Secretaria Estadual da Saúde, os municípios têm autonomia para estabelecer as dinâmicas para os grupos prioritários na vacinação.   

Saiba quem se enquandra na lista:  

Profissionais da saúde 

  • médicos,

  •  enfermeiros,

  • nutricionistas,

  • fisioterapeutas,

  • terapeutas ocupacionais,

  • biólogos, biomédicos,

  • farmacêuticos,

  • odontólogos,

  • fonoaudiólogos,

  • psicólogos,

  • assistentes sociais,

  • profissionais da educação física,

  • médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares; 

Trabalhadores de apoio 

São aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços direto de assistência à saúde das pessoas

  • recepcionistas,

  • seguranças,

  • limpeza,

  • cozinheiros e auxiliares,

  • motoristas de ambulâncias e outros; 

Profissionais que atuam em cuidados domiciliares  

  • cuidadores de idosos 

  • doulas/parteiras.

Também serão imunizados na primeira fase os funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados. No documento, a Sesa acrescenta que a vacina “também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínica e laboratorial”. 

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza