Abrigo São Lázaro deixa de resgatar animais por falta de ração e outros recursos

A ONG continuará mantendo os 1.200 animais resgatados que vivem no lar. Mas não há recursos para novos resgates

Filhotes e animais maduros convivem em abrigo
Legenda: Filhotes e animais maduros convivem em abrigo
Foto: Fabiane de Paula

O Abrigo São Lázaro anunciou, neste domingo (17), a paralisação no serviço de resgate animal. Por falta de ração para cães e gatos, entre outros recursos, a ONG não consegue mais abrigar nenhum bicho. Atualmente, vivem 1,2 mil animais no espaço. 

"Infelizmente a situação do abrigo só piora e, por isso, estamos fechados para resgate. Não conseguimos mais. Há bastante tempo não conseguimos fazer estoque de ração para alimentar nossos animais, recebemos em um dia e no dia seguinte já não temos mais", diz o comunicado da ONG.

Assista:

Bárbara Dantas, presidente do Abrigo São Lázaro, aponta ainda dificuldades com gastos em clínicas veterinárias, manutenção, materiais de limpeza, energia  elétrica, alimentação especial para animais debilitados, entre outros custos que envolve a manutenção do lar.

"Nós não fechamos o abrigo. Fechamos o resgate pois não estamos conseguindo nem manter quem dirá pegar mais animais. A situação do abrigo é muito complicada e delicada", detalha Bárbara Dantas.

Dívidas 

Animais recebem tratamento médico e alimentação em abrigo
Legenda: Animais recebem tratamento médico e alimentação em abrigo
Foto: Fabiane de Paula

A ONG soma dívidas relacionadas a intervenções cirúrgicas nos animais. Ao todo, contabilizando contas em três clínicas veterinárias, o valor ultrapassa os R$ 100 mil. Outro problema do local é o abastecimento de água. O serviço foi cortado por falta de pagamento e a conta é orçada em R$ 50 mil.

"O nosso custo de energia é muito alto. É mais de R$ 3 mil. Compramos medicamentos, encaminhamos animais debilitados para clínicas, entre outros gastos. Usamos 350 kg de ração por dia e nem o básico estamos conseguindo suprir", destaca a presidente do Abrigo São Lázaro.

Temos animais de todo tipo. Alguns não têm a patinha, são velhos, não tem dentes, possuem sarna e passam por tratamento. Muitos vão ficar com a gente até o fim da vida. É muito difícil ter alguma adoção desses mais velhos
Bárbara Dantas
Presidente do Abrigo São Lázaro

Para poder manter os custos com os animais já abrigados, o Abrigo São Lázaro pede doações por meio de contas bancárias:

Pix: CNPJ 13043465000171

Picpay: @abrigosaolazaroo4

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
CNPJ:13043465/0001-71
Agência: 0619
C/C: 3054-6
OP: 003

BANCO DO BRASIL
CNPJ:13043465/0001-71
Agência: 2925-4
C/C: 32784-0

ITAÚ
CNPJ 13043465/0001-71
Agência 1338
C/C;71900-6

Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza